Hatha yoga: entenda o significado, diferenças e benefícios

O Hatha Yoga é uma prática milenar para alcançar equilíbrio, bem-estar, força e flexibilidade. Um dos seus princípios é a atenção plena: se você está fazendo uma asana (postura) precisa estar totalmente concentrado nela.

O que é Hatha yoga ou ioga

Se está fazendo exercício de respiração (pranayama) tenha foco total na respiração.

O Hatha Yoga é uma das técnicas mais conhecidas e praticadas do Yoga.

O Hatha Yoga tem suas raízes no antigo texto hindu “Hatha Yoga Pradipika“, escrito pelo sábio Yogi Swatmarama.

Nesse texto, são apresentadas técnicas para controlar o corpo e a mente, com o objetivo de alcançar o estado de união entre o indivíduo e o universo.

Dentre as várias escolas de Hatha Yoga, existem algumas que se destacam pela sua popularidade e estilo de prática.

Experimente diferentes estilos e encontre aquele que melhor se adapte às suas necessidades e preferências. Iremos falar sobre cada uma delas ao longo deste artigo.

  • Vinyasa Yoga
  • Anusara Yoga
  • Asthanga Vinyasa Yoga
  • Bikram Yoga
  • Yoga Integral
  • Iyengar Yoga
  • Power Yoga
  • Sivananda Yoga
  • Viniyoga

O que é Hatha Yoga

Hatha Yoga se concentra na respiração, posturas e alinhamento corporal.

O termo ‘Hatha’ deriva de duas palavras em sânscrito: ‘Ha’ que significa ‘sol’ e ‘tha’ que significa ‘lua’.

Representando a busca do equilíbrio entre as forças opostas dentro de nós.

Hatha Yoga busca expandir a consciência através de técnicas de meditação, asanas e pranayama (controle da respiração).

Os instrutores de yoga ensinam que a prática estimula a fluidez da energia vital (prana), prepara a mente e o corpo para a meditação profunda, proporcionando maior tranquilidade e clareza.

O Hatha Yoga é um dos caminhos mais conhecidos e praticado hoje em dia no mundo todo e foi documentado pela primeira vez no famoso texto chamado Hatha Yoga Pradipika.

OFERTA
Haṭha-Yoga-Pradīpikā: Uma luz sobre o Hatha-Yoga
Svāmin Svātmārāma viveu entre os séculos XV e XVI. Yogue e escritor religioso, é considerado o pai do Hatha-Yoga. Em Hatha-Yoga-Pradīpikā, estabeleceu as bases de sua disciplina.

Os benefícios

A prática regular do Hatha Yoga aumenta a concentração, clareza mental, energia e estabilidade emocional.

A meditação é uma prática essencial em Hatha Yoga, usada para aprofundar a conexão entre o corpo, a mente e o espírito.

Ao praticar Hatha Yoga você irá:

  • Desenvolver o corpo físico
  • Fortalecer o sistema imunológico
  • Aumentar a flexibilidade
  • Melhorar a postura corporal
  • Reduzir o estresse
  • Diminuir tensão muscular
  • Melhorar a digestão

Transformação pessoal com Hatha Yoga

Uma das principais maneiras como o Hatha Yoga promove a transformação pessoal é através do aumento da consciência corporal, o que pode levar a mudanças significativas no modo como percebe a si mesmo.

Ao se conhecer melhor, é possível tomar decisões mais acertivas sobre o que faz sentido para o seu bem-estar.

Praticar Hatha Yoga regularmente requer dedicação e disciplina para cumprir os objetivos, você aprende a controlar seus impulsos, desejos e emoções, o que ajuda a criar um senso de equilíbrio interior e viver uma vida com propósito.

Diferença entre o Hatha Yoga e outros tipos de yoga?

Primeiro, vamos lembrar que não existe o melhor e nem pior. Apenas aquele com o qual você mais se identifica.

Em hatha yoga não há uma sequência fixa de posturas, como o Ashtanga, você pode fazer uma sequência de asanas numa aula hoje e outra totalmente diferente amanhã.

O Hatha Yoga é um dos estilos mais antigos de yoga, conhecido por sua abordagem estável (você permanece mais tempo numa asana), relaxante e gentil.

É conhecido por seu foco na respiração, posturas estáveis, meditação e relaxamento.

Enquanto há estilos de yoga que se concentram mais na intensidade física e na força muscular, o Hatha Yoga se concentra na consciência corporal, na prática da respiração e na compreensão da natureza do nosso corpo.

Nível de Dificuldade: O Hatha Yoga é considerado um dos estilos de yoga mais tranquilos e leves, apropriado para todas as pessoas, independentemente do nível de aptidão física.

É focado na postura correta para você sentir o máximo de benefícios e evitar lesões. Comparado a outros estilos, o Hatha Yoga tem um nível de dificuldade baixo.

Foco: O Hatha Yoga preza pela respiração correta e alinhamento do corpo.

Enfatiza as posturas tradicionais (asanas), bem como a prática de consciência corporal, meditação e respiração profunda.

Comparado a outros tipos de yoga, o Hatha Yoga tem um foco mais específico nas posturas tradicionais.

Filosofia: O Hatha Yoga se baseia na energia sutil e na libertação da mente, bem como nos princípios filosóficos do Yamas: ahimsa, ou não-violência.

É focado na busca por equilíbrio e harmonia entre as forças opostas da vida.

A importância do alinhamento no Hatha Yoga

Como mencionado no ínício do artigo, uma das características fundamentais do Hatha Yoga é a plena atenção na ação, o que significa que durante a execução de cada postura, você deve estar totalmente presente e consciente em todas as fases: entrada, permanência e saída.

Essa atenção plena não se limita apenas à mente, mas também ao alinhamento do corpo durante a prática. O alinhamento no Hatha Yoga está diretamente ligado à eficácia e segurança da prática.

Quando as posturas são executadas com o alinhamento adequado, você obtém todos os benefícios físicos, mentais e espirituais que essa técnica milenar oferece.

O alinhamento correto ajuda a prevenir lesões e dores musculares, proporcionando uma prática mais harmoniosa e prazerosa.

Para tanto, é necessário seguir as instruções de um profissional capacitado e prestar atenção em alguns aspectos, como a posição dos pés, joelhos, quadril, coluna, ombros e cabeça.

Respeite os limites do seu próprio corpo, evitando forçar posturas que ainda não são possíveis de serem realizadas com segurança.

Com a prática constante e a atenção ao alinhamento, você irá progressivamente aprimorar sua prática e colher os benefícios do Hatha Yoga.

As 9 escolas de Hatha Yoga

Agora vamos ver as principais escolas de hatha yoga mais populares no Ocidente. Se possível, experimente cada uma delas e veja com qual ou quais você mais se identifica.

1. Anusara Yoga

Anusura Yoga foi desenvolvida pelo professor de yoga norte-americano John Friend. Esta vertente de yoga é baseada nos princípios de alinhamento, ação e celebração da vida.

A palavra “anusura” significa “fluxo com o coração”, o que reflete o foco desta prática na fluidez e no movimento consciente.

2. Asthanga Vinyasa Yoga

Asthanga Vinyasa Yoga é uma forma dinâmica e intensa de praticar Hatha Yoga.

Com suas poses fixas e ritmadas, foi desenvolvida por Sri K. Pattabhi Jois, que aprimorou e sistematizou o método com base nos ensinamentos de seu guru, Krishnamacharya.

A palavra “asthanga” vem do sânscrito e significa “oito membros”, referindo-se aos oito estágios espirituais mencionados nos Yoga Sutras de Patanjali. Já a palavra “vinyasa” significa “movimento sincronizado com a respiração”.

OFERTA
Os Yoga Sutras de Patanjali: Texto clássico fundamental do sistema filosófico do Yoga, Volume 1
Os Sutras Clássicos, com mais de 2 mil anos de existência, ensinam-nos as práticas yogues sobre ética, meditação, posturas físicas e nos direcionam com leveza para lidar com as situações do dia a dia.

Um dos principais aspectos da Asthanga Vinyasa Yoga é a sincronização dos movimentos com a respiração.

Cada pose é realizada em conjunto com uma sequência específica de respiração, o que aumenta a consciência do corpo e da mente e traz uma sensação de fluidez e ritmo à prática.

Uma aula de Asthanga Vinyasa Yoga é composta por uma série de poses, que são realizadas em sequência,cada uma te preparando para a próxima.

Existem seis séries de poses no total, com cada série se tornando progressivamente mais desafiadora e ensinadas separadamente.

Os praticantes geralmente começam com a primeira série e, à medida que avançam, podem passar para as séries seguintes.

Essa prática é conhecida por ser fisicamente exigente e requer força, flexibilidade e resistência.

As poses são realizadas em uma sequência contínua, exigindo muita concentração e presença mental.

A Asthanga Vinyasa Yoga também é considerada uma forma de meditação em movimento, pois o foco na respiração e no fluxo constante de poses ajuda a acalmar a mente e promover a atenção plena.

Se você está procurando uma forma de Yoga mais dinâmica e desafiadora, a Asthanga Vinyasa Yoga pode ser uma ótima opção.

Com sua combinação única de movimentos, respiração e concentração, essa prática pode levar a uma sensação de bem-estar físico, mental e emocional.

3. Bikram Yoga

Bikram Yoga é uma das vertentes bastante popular do Hatha Yoga, que foi criada pelo guru Bikram Choudhury em 1946.

Esta prática é conhecida por ser realizada em uma sala aquecida a uma temperatura superior a 40 graus Celsius.

Essas condições climáticas são consideradas ideais para o corpo atingir o máximo de flexibilidade e mobilidade durante a prática.

Uma aula típica de Bikram Yoga consiste em 26 posturas e dois exercícios de respiração, que devem ser realizados em uma sequência específica durante 90 minutos.

As posturas são projetadas para trabalhar todos os músculos do corpo, desde os grupos musculares maiores até os menores, e também para melhorar a circulação sanguínea e o sistema nervoso.

Uma das principais vantagens do Bikram Yoga é a sua capacidade de queimar calorias. Devido à alta temperatura e a intensidade dos exercícios, é possível perder muitas calorias em uma única aula.

Outro benefício do Bikram Yoga é o seu impacto positivo no sistema digestivo.

As posturas e exercícios de respiração estimulam os órgãos internos e podem ajudar a melhorar a digestão e a regularidade intestinal.

A alta temperatura da sala pode ajudar a eliminar toxinas através do suor.

No entanto, é importante ressaltar que o Bikram Yoga não é recomendado para todos.

As altas temperaturas podem ser desafiadoras para algumas pessoas, especialmente para aquelas com problemas cardíacos ou respiratórios.

É sempre importante consultar um médico antes de iniciar qualquer tipo de prática de exercício físico.

4. Yoga integral

O Yoga Integral é uma abordagem holística do Yoga, baseada nos ensinamentos do mestre indiano Sri Aurobindo (1872-1950), que acreditava que a prática de Yoga deve levar a uma transformação completa do ser humano, tanto física quanto mentalmente.

Ao contrário de outras vertentes do Yoga, o Yoga Integral não se concentra apenas em práticas físicas, como asanas e pranayamas, mas também inclui técnicas de meditação e embora não seja obrigatório, pode envolver mantras, estudo de textos sagrados e outras práticas que visam o desenvolvimento do indivíduo como um todo.

Um dos principais objetivos do Yoga Integral é desenvolver uma consciência mais profunda e uma compreensão mais clara do Eu interior.

Isso é feito através da prática de meditação e auto-observação, que permitem ao praticante observar seus pensamentos e emoções sem julgamento, levando a uma maior autoconsciência e autoconhecimento.

5. Iyengar Yoga

Iyengar Yoga é um dos estilos de hatha yoga que ganhou fama mundial graças ao seu fundador, B.K.S. Iyengar.

Com um foco intenso no alinhamento e precisão nas posturas, essa forma de yoga é conhecida por sua abordagem meticulosa e detalhada.

A prática é baseada na filosofia de que o alinhamento adequado do corpo permite que a energia flua livremente, trazendo equilíbrio e bem-estar.

Uma das características distintas do Iyengar Yoga é o uso de acessórios como blocos, cintos e cobertores para ajudar os alunos a alcançar a postura correta e aprofundar sua prática.

Esses suportes proporcionam mais conforto e segurança enquanto trabalhamos em uma postura desafiadora, ajudando-nos a alcançarmos um nível mais profundo nos asanas.

6. Power Yoga

Power Yoga é um estilo de yoga dinâmico e desafiador, que combina posturas físicas (asanas) com técnicas de respiração (pranayamas) e meditação.

Também conhecido como Vinyasa Yoga, esse estilo é uma vertente moderna do Hatha Yoga que foi desenvolvida na década de 1980 pelo renomado professor de yoga, Beryl Bender Birch.

A prática de Power Yoga é baseada no conceito de que o corpo e a mente são interligados e, por isso, a força física e a resistência mental devem ser trabalhadas juntas.

Diferente de outras vertentes do yoga, o Power Yoga não segue uma sequência fixa de posturas, permitindo que você tenha liberdade para criar suas próprias rotinas de acordo com suas necessidades e objetivos.

Esse estilo de yoga é conhecido por ser uma prática intensa e vigorosa, com movimentos fluidos, interligados e contínuos, que promovem o fortalecimento e flexibilidade do corpo, além de aumentar a resistência e a concentração.

7. Viniyoga

O Viniyoga é baseado nos ensinamentos de T.K.V. Desikachar, que é considerado um dos maiores mestres de Yoga da Índia.

Desikachar acreditava que o Yoga deve ser personalizado para cada pessoa, levando em consideração sua idade, condição física, histórico médico e até mesmo seus objetivos pessoais.

Uma aula típica de Viniyoga pode incluir uma combinação de posturas físicas, exercícios de respiração, meditação e até mesmo cânticos de mantras.

Portanto, a prática do Viniyoga pode ser mais suave em comparação com outras vertentes do Yoga, mas ainda assim oferece benefícios físicos, mentais e espirituais.

O Viniyoga pode ser praticado por pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento físico.

As aulas são adaptadas para atender às necessidades de cada aluno, tornando-o uma ótima opção para aqueles que estão iniciando sua jornada no Yoga ou que possuem limitações físicas.

8. Sivananda Yoga

Sivananda Yoga é uma das escolas de Hatha Yoga mais populares e respeitadas no mundo, fundada pelo Vishnudevananda, discípulo de Swami Sivananda.

Com foco na integração dos quatro principais aspectos do ser humano: físico, mental, emocional e espiritual, essa vertente do yoga busca promover uma harmonia completa entre o corpo e a mente.

Uma das principais características do Sivananda Yoga é o seu foco na meditação e no controle da respiração.

Através de uma série de posturas físicas, você é levado a um estado de tranquilidade e equilíbrio interior, permitindo uma conexão profunda consigo mesmo e com o universo.

A prática do Sivananda Yoga é baseada nos cinco princípios fundamentais ensinados pelo Swami Sivananda: Exercício físico adequado

  • Respiração correta
  • Relaxamento
  • Alimentação saudável
  • Pensamento positivo
  • Meditação (vedanta e dhyana)

Esses princípios são considerados a base para uma vida equilibrada e saudável, e são aplicados em todas as aulas de Sivananda Yoga.

Os asanas (posturas físicas) são realizados de forma lenta e consciente, com foco no alinhamento e na respiração.

9. Vinyasa Yoga

Vinyasa Yoga é uma forma de yoga dinâmica que enfatiza a importância da sincronização da respiração com as posturas.

À medida que respiramos, nos movemos de uma posição para outra, criando uma sequência fluida e contínua de movimentos.

O termo vinyasa é uma combinação de duas palavras: “nyasa” e “vi”. Nyasa pode ser traduzido como “colocar” ou “ordem especial”, enquanto que vi significa “especialmente”.

Essas duas palavras juntas criam o significado de “colocar de forma especial”, que é exatamente o que o Vinyasa Yoga é

É importante destacar que o Vinyasa Yoga não segue uma linhagem clara ou um guru líder, diferenciando-se do Ashtanga Vinyasa Yoga estabelecido por K. Pattabhi Jois.

Conheça 15 posturas do Hatha Yoga

Na medida em que aprofundamos nossos estudos sobre o Yoga, fica evidente as alterações na execução das asanas com o passar do tempo. Talvez devido a modernização, principalmente no Ocidente.

Como por exemplo, antigamente sabemos que as asanas não eram somente posturas, e sim Mudras, que são os gestos fetto com as mãos.

Enfim, conheça agora 15 posturas incr´veis do Hatha Yoga.

1. Uttana kurmasana (Postura da Tartaruga invertida)

uttana Kurmasana invertida Tartaruga posturas do hatha yoga ou ioga

A postura conhecida como “Uttana Koormasana” tem sua nomenclatura derivada das palavras em sânscrito “uttana”, que significa alongamento intenso, “kurma”, que significa tartaruga, e “asana”, que se refere a uma postura ou assento.

Na tradução, “uttana” significa “supino” e “kurma” significa “tartaruga”.

A pose imita o formato de uma tartaruga em posição supina, o que justifica o nome “Uttana Koormasana” ou “Postura da Tartaruga de Cabeça para Baixo”.

Essa posição é um aprimoramento da “Kukkutasana” (Postura do Galo).

2. Ardha Matsyendrasana (Postura do senhor dos peixes)

Matsyendrasana senhor dos peixes posturas do hatha yoga ou ioga

Ardha Matsyendrasana, conhecida como a Postura do Senhor dos Peixes em português, traz diversos benefícios para o corpo e mente.

A palavra “Ardha” significa metade, “Matsyendra” é o Senhor dos Peixes e “Asana” é a postura em si. Essa posição também é conhecida como Meia-Torção.

Há várias histórias sobre Matsyendra, mas a mais bonita conta que ele nasceu em uma família pobre e, devido a influência de uma estrela desfavorável, foi jogado ao mar por seus pais.

Lá, um peixe gigante o engoliu, mas Matsyendra sobreviveu e viveu por muitos anos dentro da barriga do peixe.

Um dia, o peixe nadou até as profundezas do oceano e encontrou Shiva, a personificação de Deus, que naquele momento estava ensinando os segredos do Yoga à sua amada Parvati. Ao ouvir os ensinamentos,

Matsyendra começou a praticar Yoga dentro da barriga do peixe e, após 12 anos, emergiu como um ser iluminado.

Acompanhada por bela história, essa postura oferece diversos benefícios para o corpo, como:

  • O alongamento do pescoço, ombros e bacia.
  • Tonificação do aparelho digestivo.
  • Auxilia na diminuição da prisão de ventre.
  • Melhora o funcionamento do fígado, pâncreas e rins.
  • Reduz desconfortos menstruais, cansaço, lombalgia e ciática.

3. Gomukhasana (Postura do rosto de vaca)

Gomukhasana rosto de vaca posturas do hatha yoga ou ioga

Experimente a postura de Gomukhasana, também conhecida como “rosto de vaca”.

O nome deriva da palavra “go” que significa vaca, “mukha” que significa rosto, e “asana” que significa postura. Não consegue enxergar o rosto da vaca?

Observe como as pernas cruzadas formam os lábios e os braços dobrados se assemelham às orelhas.

Além de trazer alívio para a tensão nos ombros, essa postura proporciona elasticidade aos músculos do tórax e alonga as áreas dos tornozelos, coxas, axilas e tríceps.

Seus movimentos também flexibilizam as articulações do quadril, joelhos e ombros, tonificam a região lombar e contribuem para uma postura melhor. Gomukhasana pode ajudar a curar cãibras nas pernas. Experimente!

4. Paschimottanasana (Postura da Pinça)

Paschimottanasana Pinça posturas do hatha yoga ou ioga

A postura de Paschimottanasana, também conhecida como Postura da Pinça, consiste em ficar sentado com o tronco inclinado para a frente, sobre as pernas.

Além de proporcionar um efeito calmante na mente e no sistema nervoso, essa postura é terapêutica para casos de ansiedade e depressão.

Embora seja desafiadora, especialmente para iniciantes, é uma excelente oportunidade para adquirir resiliência e paciência.

Com o tempo e a prática, até mesmo aqueles com músculos e tendões mais rígidos serão capazes de liberar e aprofundar a inclinação para a frente.

5. Swastikasana (Postura Auspiciosa)

Swastikasana Postura Auspiciosa posturas do hatha yoga ou ioga Blog Yoga ou Ioga - Só Muda a Escrita

Swastikasana é um antigo asana de meditação sentada presente Hatha Yoga.

É possível finalizar uma sequência de yoga com a prática de pranayama e meditação em Swastikasana.

Diferente da Sukhasana (postura fácil), a Swastikasana exige uma flexão mais profunda nos tornozelos e joelhos, em conjunto com a rotação interna dos quadris.

6. Kurmasana (Postura da Tartaruga)

kurmasana Tartaruga posturas do hatha yoga ou ioga

Os asanas de kurmasasana, a postura da tartaruga, e supta kurmasana, a postura da tartaruga adormecida, são altamente estimulantes para o kanda.

O kanda não se trata de algo físico, mas sim uma parte do corpo sutil que serve como a fonte e raiz de todos os nadis.

Ele se encontra a 4 polegadas logo abaixo do umbigo e acima do assoalho pélvico, possui o formato de um ovo e é responsável por sustentar os 72.000 canais de energia vital no corpo (nadis).

Ao praticar kurmasana, o peito é ampliado, aumentando a capacidade dos pulmões e brônquios, além de enviar mais sangue oxigenado para o coração.

7. Shavasana (Postura do cadáver)

Shavasana cadáver posturas do hatha yoga ou ioga

Se você já experimentou yoga ao menos uma vez, com certeza está familiarizado com Savasana, que assim como a psotura da criança, é uma ótima postura para relaxar no yoga.

Também conhecida como Shavasana, esta posição é geralmente realizada no final de uma sessão de yoga com o objetivo de proporcionar relaxamento profundo ao corpo e à mente.

Isso permite que todos os benefícios obtidos durante a prática sejam plenamente absorvidos e aprofundados.

O termo “Sava” significa cadáver e “Asana” já sabemos que é postura, por isso Savasana (ou Shavasana) é conhecida como a postura do cadáver.

É assim chamada porque, ao praticá-la, é necessário alcançar um estado de relaxamento total.

Parece fácil ficar parado e relaxar, mas na realidade é muito mais desafiador do que se imagina.

8. Mayurasana (Postura do Pavão)

Mayurasana pavão posturas do hatha yoga ou ioga

Mayurasana é uma das posturas mais antigas de equilíbrio e sem sentar no Hatha Yoga. Requer uma grande força mental, física e determinação para equilibrar todo o corpo nos braços.

Na posição final, é como se o pavão estivesse caminhando com as penas abaixadas, por isso é conhecido como Mayurasana.

Para incluir a Pincha Mayurasana em sua prática, é necessário ter uma base de yoga forte o suficiente.

9. Dhanurasana (Postura do Arco)

Dhanurasana Arco posturas do hatha yoga ou ioga

Dhanurasana, ou a postura do arco, tem um significado poderoso.

Assim como um arco bem esticado é um trunfo para um guerreiro, um corpo bem alongado e flexível é essencial para manter uma boa postura.

Na mitologia indiana, o arco é frequentemente mencionado como um símbolo de divindade e força.

No épico Ramayana, o Senhor Rama quebrou o arco do Senhor Shiva no casamento da princesa Sita, com o objetivo de ganhar sua mão em casamento, mostrando sua habilidade e divindade.

Já no Mahabharata, o arco e flecha foram usados em grandes duelos, como o de Arjuna e seu rival Karna, ambos habilidosos no manuseio do arco.

Porém, foi Arjuna quem se destacou com sua determinação e prática constante, nos mostrando a importância da dedicação e persistência na prática do yoga. Um asana que tem como benefícios:

  • Fortalecimento da coluna e músculos das costas.
  • Mais flexibilidade para a coluna.
  • Alongamento da parte frontal do corpo.
  • Estimula os órgãos da região abdominal.

10. Bhadrasana (Postura Graciosa)

Bhadrasana asana Graciosa posturas do hatha yoga ou ioga

Bhadrasana, conhecida como a postura graciosa, postura do trono ou postura da felicidade, é um asana clássico que possui uma beleza poética em sua simplicidade e benefícios profundos.

É uma pose sentada que se destaca por ser acessível e eficaz, sendo adequada para praticantes de todos os níveis de habilidade.

Em sânscrito, “Bhadra” significa gracioso, bom ou auspicioso, e essa postura incorpora essas qualidades em sua forma e função.

Bhadrasana é frequentemente associada à meditação, tranquilidade e estabilidade, sendo comumente utilizada como uma postura para práticas de respiração profunda (pranayama) e contemplação.

11. Kukkutasana (Postura do Galo)

Kukkutasana asana Galo posturas do hatha yoga ou ioga

Ao realizar este asana, é importante relaxar os músculos do mula bandha e uddiyana bandha.

Também, deve-se relaxar o reto (guda nala) para realizar a prática de nauli, que consiste em movimentar os músculos do abdômen em um movimento circular no sentido horário e anti-horário, com os pulmões vazios.

Conhecida como Kukkutasana no Sânscrito, a Posição do Galo fortalece os músculos abdominais e os pulsos.

É assim chamada por lembrar um Galo quando realizada.

12. Siddhasana (Postura realizada)

Siddhasana asana realizada posturas do hatha yoga ou ioga

A Posição Perfeita (Siddhasana em sânscrito), tem como objetivo aumentar o poder de concentração do praticante.

Um asana tão importante quanto a famosa Posição de Lótus (Padmasana), indicada para meditação (Dhyana) e entoar mantras (Japa).

Vale ressaltar que o termo “Siddha” significa um ser semi-divino de grande santidade. A postura recebe esse nome pelo fato de que quem a pratica busca imitar um sábio perfeito.

13. Padmasana (Postura de Lótus)

Padmasana asanas Lótus posturas do hatha yoga ou ioga

A postura de lótus, também conhecida como Padmasana, é altamente benéfica para a parte inferior do corpo.

Além de abrir os quadris, oferece uma flexibilidade extraordinária aos tornozelos e joelhos.

Por ser considerada um asana avançado, é importante que você tome as devidas precauções antes de executá-la.

O termo Padmasana é composto por “padma”, que significa lótus, e “asana”, que significa postura. Sendo assim, a tradução literal seria “postura de lótus”.

A flor de lótus é uma espécie aquática que possui diversas pétalas e cresce em lagos ou cursos de água calmos.

Ela é símbolo de calma, estabilidade e beleza, características que também podem ser encontradas em quem pratica Padmasana.

Suas raízes se desenvolvem na lama, mas permanecem firmemente seguras mesmo quando a água flui. Quando a flor desabrocha, ela o faz em direção ao sol, representando o crescimento e a superação.

14. Simhasana (Postura do Leão)

Simhasana asana Leão posturas do hatha yoga ou ioga

Este exercício imita o poderoso rugido do leão. É um asana de Hatha Yoga extremamente simples, podendo ser praticado por pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos.

É recomendado realizá-lo pela manhã, logo cedo, ou em qualquer outro momento do dia, desde que o estômago esteja vazio.

Simhasana encoraja a expressão do seu lado selvagem.

O rugido do leão é especialmente indicado para pessoas que desejam se tornar mais extrovertidos, ganhar confiança e, principalmente, profissionais que trabalham com a voz, como locutores, atores, palestrantes, professores, etc.

15. Virasana (Postura do Herói)

Virasana asana Herói posturas do hatha yoga ou ioga

Virasana é uma maravilhosa postura para as pernas cansadas no final do dia, além de ser uma opção para a meditação sentada, em substituição a postra de Lótus. A

ssim como em outras posturas sentadas, como Sukhasana, Siddhasana e Padmasana, o principal objetivo dessas posturas de joelhos é proporcionar estabilidade e conforto, como em qualquer ásana.

Virasana e vajrasana são excelentes para apoiar a coluna e a cabeça, permitindo que os sentidos se voltem para dentro durante a pranayama e a meditação.

Conclusão

O Hatha Yoga é uma prática milenar que traz muitos benefícios para a saúde e a transformação pessoal.

Ele é um caminho antigo de prática espiritual que ajuda as pessoas a se conectarem com a sua essência, aumentar a consciência e se beneficiar da força interior.

O Hatha Yoga é considerado a base para todos os outros tipos de yoga, uma prática muito benéfica para aqueles que querem alcançar um estado de equilíbrio mental, emocional e físico.

Pratique e gere uma conexão mais profunda com o seu eu interior, encontre o equilíbrio e o autocuidado necessário para ser verdadeiramente feliz.

Perguntas frequentes

O que é Hatha Yoga?

Hatha Yoga é uma prática milenar que tem como objetivo alcançar equilíbrio, bem-estar, força e flexibilidade. Um dos seus princípios é a atenção plena, em que você deve estar totalmente concentrado na postura ou exercício de respiração que está realizando.

De onde vem o Hatha Yoga?

O Hatha Yoga tem suas raízes no antigo texto hindu “Hatha Yoga Pradipika“, escrito pelo sábio Yogi Swatmarama. Nesse texto, são apresentadas técnicas para controlar o corpo e a mente, com o objetivo de alcançar o estado de união entre o indivíduo e o universo.

Qual é a diferença entre Hatha Yoga e outros tipos de yoga?

Em hatha yoga não há uma sequência fixa de posturas, como o Ashtanga, você pode fazer uma sequência de asanas numa aula hoje e outra totalmente diferente amanhã. O Hatha Yoga é conhecido por sua abordagem estável e relaxante, com foco na respiração, posturas estáveis, meditação e relaxamento.

Por que o alinhamento é importante no Hatha Yoga?

O alinhamento no Hatha Yoga está diretamente ligado à eficácia e segurança da prática e ajuda a prevenir lesões e dores musculares. É importante seguir as instruções de um profissional capacitado e respeitar os limites do seu próprio corpo.

Rolar para cima