Tipos de yoga: conheça os 8 mais praticados

Yoga, visto por muitos como um estilo de vida, oferece equilíbrio e bem-estar, indo ao encontro das mais variadas emoções e objetivos de quem pratica.

os 8 tipos de yoga

Com uma gama de estilos disponíveis, ele se adéqua às diferentes necessidades, promovendo uma conexão profunda entre corpo, mente e espírito.

Se você está buscando uma forma de aumentar o domínio sobre seu corpo, expandir a consciência dos seus sentidos, aprimorar a clareza mental e influenciar positivamente suas ações no dia a dia, o yoga apresenta-se como uma prática inclusiva e transformadora.

Está interessado em explorar os diversos tipos de yoga, mas não sabe qual se alinha mais ao seu perfil?

A seguir, apresentaremos uma lista dos principais estilos de yoga, suas características e como eles podem se integrar à sua rotina para atender suas necessidades específicas:

  • Yoga para iniciantes – encontre seu caminho no mundo do yoga.
  • Yoga para relaxamento – reduza o estresse do cotidiano.
  • Yoga para fortalecimento – construa força e flexibilidade.
  • Yoga para a saúde mental – cultive uma mente tranquila e focada.

Prepare-se para uma jornada de autoconhecimento e ampliação da percepção sobre si e o ambiente à sua volta.

Vamos conhecer os tipos de yoga mais praticados no Ocidente.

Os 8 tipos de yoga mais conhecidos

O yoga não se trata apenas de exercício físico. Trata-se de uma filosofia de vida, uma nova maneira de encarar o universo, assim como um caminho para a harmonização entre corpo e espírito.

Com suas diversas vertentes, do calmo ao vigoroso, o yoga se desdobra em múltiplas práticas.

Crie momentos de autocuidado e conexão onde e quando quiser: Aulas de yoga online

Cada uma com sua essência e maneira única de se entrelaçar no seu dia a dia.

Embora todas sejam valiosas, ao mergulhar nas singularidades e variações do yoga, você pode descobrir qual ressoa mais intensamente com suas emoções, seu estilo de vida e suas aspirações pessoais.

Convido-lhe a explorar os diferentes tipos de yoga e seus inúmeros benefícios.

Assim, você poderá realizar uma escolha consciente e alinhada às suas necessidades presentes.

1. Hatha Yoga

tipos de yoga hatha

Conhecido como o estilo mais tradicional e amplamente difundido no Ocidente, o Hatha Yoga destaca-se por suas posturas acessíveis e sequências mais tranquilas, tornando-o ideal para aqueles que estão adentrando o mundo do yoga.

A popularidade do Hatha Yoga no Ocidente se deve à sua ênfase no aprimoramento físico, na construção da força muscular e no desenvolvimento da flexibilidade, aspectos desejados por muitos praticantes.

Nas aulas de Hatha Yoga, o ritmo é mais pausado, com menos posturas realizadas e sem a intensidade encontrada em outros estilos.

Esse ritmo permite uma maior atenção no alinhamento e na execução correta de cada posição.

Recomenda-se especialmente para aqueles que buscam iniciar sua jornada no yoga, descobrindo os benefícios dessa prática milenar e como ela pode contribuir significativamente para uma vida mais equilibrada e saudável.

2. Vinyasa Yoga

O Vinyasa Yoga, originado do Hatha, se destaca como um dos estilos mais elegantes e contemporâneos da prática.

Caracteriza-se pela sua fluidez, na qual as posturas são conectadas através de movimentos sequenciais harmoniosos, lembrando uma dança, e criando um fluxo ininterrupto e dinâmico de posições.

Esta prática é particularmente conhecida por sua sincronia perfeita entre movimento e respiração, o que não só promove uma maior percepção do próprio corpo, mas também contribui significativamente para a diminuição do estresse.

Com sua ênfase em um alinhamento preciso e na busca por um equilíbrio entre o físico e o mental, o Vinyasa Yoga é uma ótima opção ideal para aqueles que desejar expandir sua consciência corporal e viver uma vida com mais tranquilidade e harmonia interior.

3. Ashtanga Yoga

Em contraste com as vertentes mais convencionais de yoga, o Ashtanga se destaca pela sua intensidade, proporcionando um desafio abrangente a todos os aspectos do corpo físico.

Indicada especialmente para aqueles que almejam aprimorar a concentração, elevar o condicionamento físico e a flexibilidade muscular, esta modalidade também promove a desintoxicação do organismo através da transpiração intensa.

Derivado do Hatha Yoga, o Ashtanga é uma variante que foi cuidadosamente desenvolvida, trazendo consigo uma prática vigorosa.

No Ashtanga, seis séries de posturas fixas são exploradas, com o praticante evoluindo gradualmente, respeitando o próprio tempo e a adaptabilidade do corpo a cada posição exigida.

A progressão para a série subsequente não obedece a um cronograma; ela é singular e adaptada às necessidades individuais, tornando-se progressivamente mais desafiadora.

Esta prática é um convite aos que procuram por atividades físicas que desafiem os limites, sendo intensas e energizantes.

Os benefícios do Ashtanga incluem o fortalecimento, a flexibilidade, o equilíbrio, a consciência corporal e o alinhamento postural.

Saia do automático praticando Yoga da sua casa, no seu tempo! Saiba Mais

4. Iyengar Yoga

tipos de yoga Iyengar

O Yoga Iyengar se distingue pela ênfase na permanência prolongada nas posturas e no meticuloso alinhamento de cada movimento.

Essa abordagem confere às aulas um ritmo mais pausado, incentivando os alunos a mergulharem profundamente em sua prática pessoal.

A precisão no alinhamento aprimora a execução das posturas, as quais são feitas quase sempre com o uso de acessórios.

Recomendado especialmente para aqueles que enfrentam limitações de movimentos ou desejam corrigir a postura, o Yoga Iyengar é perfeito para quem procura uma prática mais terapêutica.

Sua relevância é particularmente notável para indivíduos que lidam com dores na coluna e buscam melhorar o alongamento de forma geral.

5. Kundalini Yoga

O Kundalini Yoga é uma prática poderosa que visa despertar a energia latente situada na base da coluna vertebral, mais precisamente no primeiro chacra.

Esta modalidade de yoga é especialmente conhecida por seus exercícios dinâmicos de respiração, contrações musculares e mudras — gestos realizados com as mãos — que juntos promovem uma expansão da consciência.

Focado essencialmente no crescimento espiritual, o Kundalini Yoga propõe uma jornada de conexão profunda entre corpo, mente e espírito, por meio de práticas que englobam atividades físicas vigorosas e períodos de meditação e contemplação.

A respiração é um pilar central nesta prática, pois acredita-se que a sincronização entre posturas e técnicas respiratórias pode harmonizar os chacras, que se alinham desde a base da coluna até o topo da cabeça.

Ao liberar a energia dos chacras, experimenta-se um aumento na consciência, promovendo sensações de bem-estar e uma vivência de plenitude.

6. Bikram Yoga

Você pode ter certeza de duas coisas ao assistir a uma aula de Bikram – suor e consistência.

Uma aula de Bikram yoga é igual em qualquer lugar, pois consiste em uma série de 26 poses feitas em uma ordem específica por 90 minutos em uma sala aquecida a 40,6 ° C), com umidade de 40%.

É muito popular e relativamente fácil de encontrar, mas não é recomendado para pessoas com sensibilidade ao calor.

Aconselha-se a pré-hidratação e pós-hidratação, juntamente com a reposição de eletrólitos após este treino, para evitar desequilíbrios hidroeletrolíticos.

Também é importante evitar sobrecarregar os músculos e as articulações além do que é confortável devido ao aumento da flexibilidade com o calor.

As aulas geralmente são ministradas em uma sala iluminada com os alunos voltados para espelhos para verificar o alinhamento adequado nas poses.

7. Jivamukti Yoga

O Jivamukti Yoga é um estilo de yoga contemporâneo, criado pela inspiradora dupla Sharon Gannon e David Life em 1984.

Esta prática é uma fusão harmoniosa de aspectos físicos, espirituais e éticos do yoga, destacando-se pela sua ênfase profunda na conexão empática com todos os seres vivos e no engajamento ativo em causas sociais.

A palavra “jivamukti”, de raízes sânscritas, traduz-se como “libertação em vida”, ecoando a essência deste estilo de yoga que não se limita à prática no tapete, mas se expande como uma jornada de transformação integral e conscientização para uma vida com mais significado e compaixão.

Aulas de Yoga na palma da sua mão. Pratique no seu ritmo: Saiba Mais

8. Yoga Restaurativa

Yoga restaurativa, reconhecida como uma prática terapêutica, está entre os tipos de yoga que se destaca pelo uso de acessórios que proporcionam o suporte ideal para a manutenção das posturas por mais tempo, garantindo um relaxamento profundo.

Essa técnica é especialmente apreciada pelos praticantes que valorizam o conforto adicional oferecido, favorecendo uma experiência de yoga mais suave e acolhedora.

tipos de yoga ou ioga blog

Quer ir além? Recomendo a leitura deste livro disponível na Amazon.

OFERTA
A Bíblia do Yoga: o Livro Definitivo em Posturas de Yoga
Este livro incentiva tanto o iniciante como o praticante experiente a encontrar a sequência de posturas que mais se adapta às suas necessidades e aptidões pessoais e beneficiar-se ao máximo dessa riquíssima prática milenar.

Conclusão

Em frente aos vários tipos de yoga existentes, vimos que ele oferece um caminho para o equilíbrio e a plenitude.

Cada um dos estilos mencionados possui suas peculiaridades e benefícios, sendo capazes de se adaptar às diferentes necessidades e momentos da nossa jornada.

O convite é para que você não apenas conheça, mas experimente.

O yoga é vivência, é prática.

É no desdobrar do tapete e no ritmo da respiração que as verdades dessa filosofia milenar se revelam.

Não há escolha errada quando o assunto é yoga; há sim o encontro do seu eu presente com a modalidade que lhe traz harmonia e crescimento agora.

Que o conhecimento dessas diversas vertentes do yoga seja o início de uma exploração interior profunda.

Que possa inspirar não só a escolha de uma prática que mais combina com você, mas também a integração de uma filosofia que nutre corpo, mente e alma.

Assim, o yoga se mostra não como um objetivo a ser alcançado, mas como uma jornada constante de autoconhecimento e evolução.

Cultive a sua prática, honre o seu ritmo, e permita-se fluir com a sabedoria ancestral que cada respiração pode lhe ensinar.

Namastê.

Leia também: Asana supta baddha konasana: postura da borboleta reclinada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima