amazon prime assinatura

6 mitos sobre o yoga que você precisa se livrar

O yoga é uma prática milenar que transcendeu o tempo e as culturas, encontrando seu espaço na vida moderna. Com isso, vieram também muitos mitos sobre o yoga dos quais precisamos eliminar.

Mitos sobre o yoga

Com uma variedade de estilos e abordagens, ela se tornou uma atividade popular para aqueles que buscam desde um exercício físico até o equilíbrio mental e espiritual.

Contudo, informações equivocadas e mitos muitas vezes se espalham tão rapidamente quanto os fatos verídicos.

Dessa forma, torna-se essencial esclarecer o que é verdade e o que é mito no universo do yoga.

É importante reconhecer que, com a sua crescente popularidade, o yoga tem sido alvo de inúmeras afirmações – algumas realistas, outras nem tanto.

Para separar o joio do trigo, é preciso um olhar atento e crítico.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explorar alguns dos maiores mitos que cercam essa prática milenar e restauradora.

1. É necessário ser flexível para praticar yoga

O yoga não se trata de ginástica ou acrobacias; é uma jornada de autoconhecimento onde o corpo se torna um instrumento sagrado de introspecção e crescimento interior.

Na prática física, cada um respeita os limites de seu próprio corpo, avançando gradualmente rumo a uma flexibilidade e força renovadas.

Um dos principais benefícios do yoga, é justamente, aumentar a flexibilidade do corpo.

Tenha paciência e confiança no processo, e verá transformações surpreendentes!

2. Yoga é só para mulheres

6 mitos sobre o yoga

Contrariando o mito comum, o yoga não é exclusivo do universo feminino, nem tampouco ameaça a masculinidade de quem se dispõe a explorar seus benefícios.

Homens de todos os cantos estão descobrindo que, ao desenrolar o tapete e assumir as posturas, abrem-se portas para um bem-estar inigualável.

Existe um equívoco frequente que pinta o yoga como uma atividade monótona e pouco desafiadora, que mais induz ao sono do que ao vigor.

Essa visão não poderia estar mais distante da verdade!

Acessórios para yoga: tudo que você precisa para sua prática de Yoga e meditação - Saiba mais

Atingir a sincronia entre corpo e mente é uma façanha que requer dedicação e esforço, sendo um pilar fundamental para a evolução na prática.

Além de esculpir os músculos e ampliar a flexibilidade, o yoga confere uma agilidade surpreendente, reduzindo o risco de lesões e potencializando o desempenho em outras atividades físicas.

Homens, é hora de abraçar o yoga e testemunhar suas transformações positivas.

3. Yoga é uma religião

O yoga está além de quaisquer dogmas religiosos e, frequentemente, essa prática milenar é erroneamente associada à religião porque é associada as tradições do budismo e do hinduísmo.

A verdade é que o yoga foi abraçado por essas filosofias em virtude da sua incrível capacidade de promover uma introspecção profunda e enriquecedora.

No cerne do Yoga Sutra, texto ancestral e referência sobre a prática, o yoga é definido como o processo de “aquietamento das flutuações da mente”.

Essa definição revela que o yoga vai além de mero exercício mental; ele se destaca como uma filosofia de vida, oferecendo uma nova lente através da qual podemos enxergar o mundo.

O yoga pavimenta um caminho de autoconhecimento e nos convida a despertar para a dimensão espiritual da existência, harmonizando-nos com o todo.

4. Você deve ser vegetariano para praticar yoga

Não é necessário ser vegetariano para se dedicar ao yoga, apesar de muitos praticantes adotarem esse estilo alimentar por encontrar nele uma maior afinidade com os princípios da prática.

A verdade é que a dieta vegetariana é comumente associada ao estilo de vida yogi, mas a escolha de se tornar vegetariano deve emanar de uma motivação interna, livre de pressões externas.

Se, ao longo de sua jornada com o yoga, você perceber uma mudança natural em seus gostos e preferências alimentares, celebre essa evolução.

Mas, não se sinta compelido a adotar uma dieta vegetariana simplesmente porque parece ser o esperado na comunidade.

A prática do yoga é um caminho de autoconhecimento e respeito às suas próprias escolhas e ritmo.

5. É preciso ser “zen” para praticar yoga

Esse é um mito comum. Muitas pessoas associam estar “zen” à ausência de raiva ou irritação.

No entanto, estar verdadeiramente “zen” relaciona-se mais com o processo de conhecer e gerenciar essas emoções, evitando que elas governem nosso dia a dia.

amazon prime

Não se autodeclare ainda como uma pessoa “zen”? Não há problema!

O yoga é uma ferramenta poderosa que auxilia todos, independentemente de seu ponto de partida, a caminho da serenidade e da paz interior.

Ele oferece um refúgio seguro para encontrarmos calma e quietude, mesmo nos momentos mais turbulentos.

6. Meditação é yoga são iguais

mitos sobre o yoga meditação

Yoga e meditação são práticas ancestrais que, embora distintas, se entrelaçam harmoniosamente.

O yoga, derivada da raiz sânscrita “yuj“, que siginifica “união” sublime entre o indivíduo e o cosmos, estabelecendo um caminho para essa profunda conexão.

A meditação, inspirada pelo termo “Dhyana”, é a arte de cultivar um estado de consciência pleno, onde você aprende a aquietar os sentidos e a desviar o foco das dispersões do mundo exterior.

Dentro deste universo de práticas meditativas, destaca-se o mindfulness, que nos ensina a vivenciar o presente de forma integral, aberta e sem julgamentos.

Quando combinadas, yoga e meditação tecem um estilo de vida enriquecedor, promovendo incontáveis benefícios para a saúde física e mental, e nos guiando para uma existência mais equilibrada e serena.

Conclusão

Como pudemos ver ao longo deste artigo, o yoga é uma prática envolta em mitos e concepções errôneas que precisam ser dissipadas.

A flexibilidade do corpo, o gênero do praticante, a religião, e até mesmo a dieta alimentar são aspectos que, por vezes, são mal interpretados quando relacionados ao yoga.

No entanto, é essencial entender que o yoga é uma jornada pessoal e intransferível, que se adapta às necessidades e circunstâncias individuais de cada um.

A beleza da prática está na sua capacidade de acolher a todos, sem restrições ou preconceitos, oferecendo um caminho para o bem-estar e a descoberta interior.

Que você possa experimentar o yoga por si mesmo, com uma mente aberta e livre de julgamentos.

Seja qual for o seu ponto de partida, o yoga tem algo a oferecer.

Então desenrole o seu tapete, respire fundo e embarque nesta jornada de transformação que pode, verdadeiramente, mudar a sua vida.

Lembre-se de que as maiores barreiras muitas vezes residem em nossos próprios pensamentos e preconceitos.

Deixe-os de lado e permita-se vivenciar plenamente os benefícios desta prática milenar.

O yoga é para todos e cada movimento no tapete é um passo no caminho do autoconhecimento.

Faça do yoga não apenas uma prática, mas um estilo de vida, e descubra a riqueza que reside no equilíbrio entre corpo, mente e espírito. Namastê.

Os 3 livros de yoga que merecem a sua leitura! →Acesse aqui

Conitnue a sua busca, leia: Vishnu: o deus da preservação no hinduísmo

Acessórios para yoga: tudo que você precisa para sua prática de Yoga e meditação - Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima