Para Que Serve Yoga

Para Que Serve Yoga

Antes que você comece a se questionar, não há registros sobre que foi a pessoa que “inventou” o Yoga.

Praticantes do sexo feminino são conhecidos como Yogini e masculino Yogi. Ambos buscam o mesmo objetivo: a iluminação.

Ao longo de milênios, os iogues transmitiram seus ensinamentos aos alunos e diversas escolas diferentes de ioga apareceram ao passo que a prática expandia por todas as partes do mundo.

O yoga sutra, um tratado de 2 mil anos a respeito da filosofia yogue do sábio indiano Patanjali, é um método a respeito de como dominar a mente, ter sob controle suas emoções e elevar-se espiritualmente.

O Yoga Sutra é o primeiro manuscrito  de Yoga e um dos textos mais antigos de que se tem notícias e oferece a estrutura completa para o Yoga praticados nos dias de hoje.

Conhecemos o yoga por suas posturas e posições, entretanto, não eram esses os fatores essenciais das tradições originais do yoga na Índia. Eles não importavam em fortificar os músculos, o objetivo era expandir a energia espiritual utilizando métodos de respiração e foco mental.

Essa arte milenar começou a ganhar popularidade no Ocidente no término do século XIX (19). Por volta de 1920 e 1930 houve enorme interesse pela prática do Yoga, primeiro na Índia e em seguida no Ocidente.

A Filosofia do Yoga

Para passar sua mensagem espiritual e guiar as sessões, o yoga normalmente utiliza as imagens de uma árvore com raízes, um tronco, galhos, flores e frutos, onde cada uma das ramificações do yoga representa um foco distinto e um aglomerado de características.

para que serve yoga

As ramificações são:

  • Hatha Yoga: foca no aspecto físico e mental programado para preparar o corpo e a mente.
  • Raja Yoga: engloba meditação e anuência estrita a uma série de fases disciplinares conhecidas como “8 membros” do yoga.
  • Karma Yoga: é uma via de serviço cujo objetivo é elaborar um futuro ausente de negatividade e egoísmo.
  • Bhakti Yoga: objetiva marcar a via da devoção, uma forma positiva de canalizar emoções e cultivar a aceitação e tolerância.
  • Jnana Yoga: envolve a sabedoria, o caminho do estudioso e do crescimento do intelecto por meio do estudo.
  • Tantra Yoga: a via do ritual, cerimônia ou realização de um relacionamento.

Começar no yoga com um objetivo já especificado em mente pode ajudar você a decidir com precisão qual desses caminhos citados acima seguir.

O Significado de Chakras

Chakras quer dizer roda giratória, literalmente.

O yoga assegura que os chakras são pontos centrais de energia, pensamentos, sentimentos e corpo físico.  Segundo os professores de yoga, os chakras ditam a forma como as pessoas experimentam a realidade por meio de reações emocionais, desejos ou aversões, níveis de confiança ou medo e até sintomas e efeitos físicos.

Se a energia é bloqueada em um chakra, promove uma série de desequilíbrios físicos, mentais ou emocionais que se exprimem nos sintomas, como ansiedade, letargia ou má digestão.

Asanas são as várias posições físicas no Hatha Yoga. Os praticantes de ioga utilizam ásanas para liberar energia e estimular um chakra desequilibrado.

significado dos sete chacras

Há Sete Chakras Principais

  • Sahasrara: O chakra de “mil pétalas” ou “coroa” simboliza o estado de pura consciência. Este chakra encontra-se no topo da cabeça e a cor branca ou violeta o simboliza. Sahasrara envolve questões de sabedoria interna e morte física.
  • Ajna: O “comando” ou “chakra do terceiro olho” é um ponto de encontro entre duas essenciais correntes energéticas do corpo. Ajna corresponde às cores violeta, índigo ou azul profundo, ainda que os praticantes tradicionais de ioga o descrevam como branco. O ajna chakra refere-se à glândula pituitária, que promove o crescimento e o desenvolvimento.
  • Vishuddha: A cor vermelha ou azul simboliza o chakra “especialmente puro” ou “garganta”. Os praticantes consideram esse chakra o lar da fala, audição e metabolismo.
  • Anahata: O chakra “rompido” ou “coração” simboliza às cores verde e rosa. Questões-chave que envolve anahata incluem emoções profundas, compaixão, ternura, amor incondicional, equilíbrio, rejeição e bem-estar.
  • Manipura: Amarelo simboliza a “cidade das joias” ou o chakra do “umbigo”. Os terapeutas conectam esse chakra com o sistema digestivo, além de poder pessoal, medo, ansiedade, desenvolvimento de opiniões e tendências em direção a uma personalidade introvertida.
  • Svadhishthana: Os praticantes atestam que a “base própria” ou chakra “pélvico” é a morada dos órgãos reprodutivos, do sistema geniturinário e da glândula adrenal.
  • Muladhara: O “suporte radicular” ou “chakra radicular” está na base da coluna vertebral na região coccígea. Diz-se que guarda nossos impulsos naturais relacionados à comida, sono, sexo e sobrevivência, bem como a fonte de evasão e medo.

O yoga é uma prática da mente e do corpo com uma história que possui cerca de 5.000 anos na filosofia indiana antiga.

Vários estilos de yoga combinam posturas físicas, técnicas de respiração e meditação ou relaxamento.

Desde pouco tempo atrás, tornou-se popular como uma maneira de exercício físico baseado em posturas que proporcional melhor controle da mente e do corpo e melhoram o bem-estar.

Como já dito em outros artigos aqui no site, há diversos tipos distintos de yoga e várias disciplinas dentro da prática. Este artigo explorou superficialmente a história, a filosofia e vários ramos do yoga.

Continue navegando no site, escolhendo outros artigos abaixo ou clicando no botão início para ver todas as categorias de conteúdo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.