Quer Saber Mais a Respeito da Origem e a História do Yoga?

Quer Saber Mais a Respeito da Origem e a História do Yoga?

Existem dezenas de milhares de estúdios de ioga em todo o território nacional. O yoga é claramente uma prática em constante evolução que alastrou pelo mundo moderno.

  • Porém, qual é a verdadeira origem do yoga?
  • De onde ela vem?
  • E por que foi criado?
  • Qual é a verdadeira história dessa arte milenar?
  • Qual o papel da história do yoga em nossa prática diária?

Descobrir a origem do Yoga e a maravilhosa história dessa prática que possui milhares de adeptos, só eleva a nosso entendimento da profundidade e amplitude do Yoga como um todo.

É possível explorarmos novos caminhos e práticas simplesmente descobrindo sobre o seu passado.

Quando você se enraíza na origem do yoga e em toda a sua sabedoria histórica, você leva a sua prática para níveis ainda mais profundos. 

Qual é a origem do Yoga?

Ele é tão ancestral que nenhuma pessoa conhece com total precisão quando exatamente tudo teve início. O que sabemos é começou em tempos remotos, quando alguns indivíduos começaram a compreender o que é a vida.

Apenas uma lenda é capaz de nos apresentar uma ideia a respeito da história do Yoga.

De acordo com a lenda, Shiva foi o primeiro iogue. E vários milhares de anos atrás, Shiva conquistou a iluminação num local conhecido como Monte Kailash.

A história fala que Shiva tinha sete discípulos que se tornaram conhecido como os sete Rishis. Eles são ditos como os fundadores de grande parte das tradições espirituais presentes no mundo.

Nenhuma pessoa é capaz de provar a existência de Shiva ou mesmo se algumas dessas histórias são realmente reais. Porém nós não temos certeza, talvez não seja somente uma lenda, afinal.

Vamos detalhar o que é “Yoga” ou “Ioga”, se preferir. 

Tenho a impressão que quase todas as pessoas do planeta já ouviram este termo, porém, penso também que muitos o associam apenas como sendo mais um esporte como qualquer outro.

Yoga é uma palavra de origem sânscrita (idioma da Índia), tendo apareceu inicialmente em textos antigos e sagrados do Hinduísmo – os Vedas. A história nos conta que a primeira aparição foi no Rig Veda, a mais antiga dessas escrituras.

O termo “ioga” em si vem da raiz “YUJ” que quer dizer “JUGO (canga de madeira)”. É normal não entendermos o seu significado a primeira vista.

A junção era uma prática utilizada para unir e aproveitar dois animais. Eles eram “unidos” (frequentemente no pescoço) para ser possível executar tarefas (arar um campo, por exemplo).

Logo, essencialmente, jugo é fazer essa união e é dessa forma que ouvimos a definição de Yoga atualmente.

Que União o Yoga Cria?

Isso vai depender muito de pessoa para pessoa.

  • Uma união de mente, corpo e alma.
  • De respiração e corpo.
  • De vossos egos inferiores com vossos egos superiores.
  • Uma união com o universo, fonte, divino ou deus.

Todas essas definições foram utilizadas para descrever a união proporcionada pelo Yoga.

Sim, para praticantes experientes, o temos Yoga em si já é um paradoxo. Isso acontece pelo fato de a verdadeira essência do Yoga está unindo duas coisas que jamais foram desconectadas para iniciar por dentro. É somente a ilusão de separação que necessitamos remover.

É certo que sua definição particular de yoga e sua essência unificadora levam em consideração a sua interpretação. Você precisa praticar para saber a resposta.

A História do Yoga

a origem e história do yoga

Diversos estudiosos e iogues questionam a fase inicial do yoga e como ele evoluiu. Várias vezes acredita-se que o yoga remonta a mais de 5.000 anos. Outros creem que remonta há mais de 10.000 anos.

Porém não espere encontrar pinturas antigas de iogues praticando a postura do corvo. Yoga não é necessariamente a mesma coisa que é atualmente, naquela época. . .

A única posição de ioga que havia há mais de alguns séculos atrás foi a pose do lótus.

Portanto, se quisermos obter uma compreensão mais profunda e exata da história do yoga, podemos olhar para o que é frequentemente mencionado como “a Bíblia do yoga” para encontrar informações.

O Bhagavad Gita (que literalmente é traduzido como “o cântico do senhor”) é uma escritura da filosofia iogue escrita entre 400 aC e 200 dC.

É uma escritura sagrada que se concentra inteiramente na prática do yoga. Mas não se deixe enganar por isso! A prática não era todos os Up Dogs and Handstands na época. Essa prática foi totalmente espiritual.

O Bhagavad Gita trata-se de um poema épico que se passa em um campo de batalha. Admirado? Não é o seu cenário típico para iogues de paz, amor e felicidade! Entretanto esse cenário costuma ser uma metáfora do “campo de batalha da mente”.

Deseja saber mais sobre o Bhagavad Gita?

Veja três lições de vida seriamente relevantes que podemos aprender com o Bhagavad Gita

No decorrer do poema épico, há uma configuração clássica de ensino de ioga.

Um guru (que literalmente se traduz em “conduzir das trevas para a luz” – também conhecido como professor espiritual) conversa sobre a vida e a filosofia da yoga com seu aluno.

O Bhagavad Gita explica três caminhos:

A “Bíblia do yoga”, ou O Bhagavad Gita, foi o primeiro texto espiritual a dizer que alguém poderia ser iluminado. Nele, o guru (Krishna) estabelece três margas específicas (ou caminhos) do yoga.

Cada caminho é único, entretanto todos eles levam a um objetivo final: a iluminação. A iluminação é a verdadeira essência e origem do yoga.

  •  Bhakti Yoga

O caminho do coração. É somente amor e devoção. Por amar fiel e devotamente todos os seres e seguir o eterno criador, você é capaz de conquistar a iluminação seguindo esse caminho.

  • Jnana Yoga

O caminho do intelecto. É o caminho do conhecimento e da sabedoria. Contam que o estudo das escrituras antigas e o estudo profundo de si mesmo por meio das práticas de auto-contemplação e meditação o levam à iluminação através desse caminho.

  • Karma Yoga

Caminho do trabalho. É tudo uma questão de serviço e ação altruísta. Para seguir esse caminho, você precisa se dedicar ao seu dharma (seu objetivo final no mundo) e cumprir inabalável tal objetivo.

A história do Yoga e sua origem: como a prática evoluiu para o que praticamos hoje

Iremos ao yoga por diversas razões, incluindo os benefícios físicos, como fortalecer nosso corpo ou suar em uma sala super quente. Entretanto, grande parte das pessoas sabe muito bem que nossa prática de yoga oferece benefícios muito mais profundos do que apenas o físico.

Isso acontece porque a própria raiz de todas as práticas de yoga é conquistar somente um objetivo: a iluminação.

Entretanto, a prática do yoga (ainda hoje em nosso contexto moderno) enfatiza muito o foco na respiração e no funcionamento interno da mente.

Vá a qualquer estúdio de ioga ao redor do mundo e certamente verá um professor que faça referência a uma mente quieta ou cultive uma prática de meditação no começo ou no término da aula.

É difícil separar o yoga de suas raízes. E, honestamente, por que faríamos?

 A raiz de todas as práticas de yoga é alcançar somente um objetivo: a iluminação.

O yoga nos proporciona diversos benefícios, porque está tão enraizado em sua história. Ao despender um tempo para atrair nossa consciência no momento da prática de yoga, combatemos o estresse de nossas vidas cotidianas.

É possível até encontrarmos pequenos vislumbres da iluminação final. E, é claro, isso deixaria orgulhosos os iogues que vieram antes de nós.

Pronto para aprender mais Yoga?

Veja os artigos abaixo.

Gratidão!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.