A postura do corvo: bakasana ou kakasana

No vasto universo do yoga, cada postura (asana) é uma metáfora que conecta corpo, mente e espírito. Entre essas posturas, Bakasana ou Kakasana, também conhecida como a Postura do Corvo, se destaca como um desafio de força, equilíbrio e foco.

bakasana kakasana postura do corvo

Para muitos, a primeira tentativa de levantar os pés do chão e equilibrar o corpo inteiro sobre as mãos pode parecer uma tarefa intransponível.

No entanto, é precisamente essa intersecção de desafio físico e mental que torna Bakasana tão transformadora.

Ela não é apenas um teste de força dos braços ou da estabilidade do core (região central do corpo), mas também um exercício de confiança, coragem e concentração.

Neste artigo, vamos falar sobre a técnica, benefícios e variações por trás da Postura do Corvo, guiando você pelo caminho do voo interno que Bakasana oferece.

Um passo importante para dominar as demais poses do hatha yoga.

Sutil diferença entre kakasana e bakasana

Conhecidas como posturas desafiadoras, kakasana e bakasana são posições fundamentais no equilíbrio de braços.

Ambas exigem que as palmas das mãos sejam os únicos pontos de apoio, tocando firmemente o solo.

Aprimore a sua prática com os melhores acessórios para yoga: Escolha aqui

Ao pressionar as mãos contra o chão, você recolhe os joelhos em direção ao tronco, inclina o corpo para frente e cuidadosamente alça voo na postura.

A principal diferença entre elas reside na posição dos braços.

Enquanto a kakasana requer que os braços estejam flexionados formando um ângulo superior a 90 graus, a bakasana permite que os braços estejam completamente estendidos ou com uma leve dobra nos cotovelos.

Se você é iniciante, a postura do corvo, que é uma variação mais acessível, pode ser o ponto de partida ideal.

Recomenda-se aperfeiçoar essa técnica antes de se aventurar no desafio maior que é a bakasana.

Com paciência e prática, a arte do equilíbrio se tornará uma jornada gratificante.

Como realizar a postura do corvo

  • Comece em uma posição de cócoras com os pés próximos um do outro e os calcanhares levantados.
  • Mantenha as mãos à frente de seus pés, com os dedos bem abertos no chão.
  • Posicione as mãos no chão cerca de 30 centímetros à frente.
  • Espalhe os dedos e empurre o chão, ativando todo o antebraço.
  • Os cotovelos devem ficar levemente flexionados.
  • Aproxime seus joelhos dos braços, tentando colocá-los perto das axilas ou pelo menos na parte traseira dos tríceps.
  • Mantenha seu olhar um pouco à frente, não diretamente para baixo. Isso ajudará a manter um ponto focal e equilíbrio.
  • Ative seus músculos abdominais. Imagine puxando o umbigo em direção à coluna.
  • Comece a transferir o peso do corpo para as mãos, inclinando-se para a frente.
  • Os dedos dos pés começarão a ficar mais leves no chão.
  • Ao transferir o peso, comece a levantar um pé e depois o outro do chão.
  • No início, você pode querer tentar levantar apenas um pé por vez até ganhar confiança.
  • Se conseguir levantar ambos os pés, tente juntá-los. Mantenha a respiração estável.
  • Continue empurrando o chão com as mãos e ative o core para ajudar no equilíbrio.
  • Para sair da postura, abaixe os pés de volta ao chão com controle.
  • Volte à posição de cócoras e respire profundamente.

Dicas:

  • No início, pratique com um travesseiro ou almofada na frente, caso você caia.
  • Não se desanime se não conseguir levantar os pés do chão nas primeiras tentativas. Esta postura requer prática, força e confiança que se desenvolvem ao longo do tempo.

Os benefícios da kakasana

  • Foco mais aguçado.
  • Promove alongamento das nádegas e quadríceps.
  • Fortalecimento muscular.
  • Pode aliviar os sintomas depressivos e melhorar sua saúde mental.
  • Incentiva uma atenção focada no presente, promovendo a introspecção.
  • Cria um ambiente mental propício para uma meditação profunda.
  • Estimulação de vários chakras, como o plexo solar, terceiro olho, coroa, garganta e raiz, promovendo um fluxo energético equilibrado.

A Kakasana exige que você suporte a maior parte do seu peso nas mãos e antebraços, o que fortalece essas áreas. A postura desafia a região abdominal, tonificando e fortalecendo os músculos do core.

Ela também ajuda a fortalecer os músculos das costas, especialmente a parte superior.

A prática regular da bakasana melhora significativamente o equilíbrio e a coordenação, já que você aprende a distribuir seu peso de forma equilibrada entre as mãos.

A necessidade de manter um ponto focal enquanto se equilibra ajuda a aprimorar a concentração e o foco mental.

A compressão suave na região abdominal ajuda a estimular os órgãos internos, beneficiando a digestão e a eliminação.

Ao fortalecer a parte superior das costas e o core, a Kakasana contribui para uma postura mais ereta.

Dominar a Kakasana, ou mesmo fazer progressos significativos, pode ser uma grande elevação para a autoestima.

A postura ensina persistência, paciência e a habilidade de superar obstáculos mentais.

Enquanto a Kakasana é principalmente uma postura de força, ela também oferece um estiramento suave para as partes superior das costas e região lombar.

A natureza desafiadora da postura do corvo ajuda a despertar e energizar o corpo, dando um impulso ao sistema nervoso.

Bakasana com uma perna: corvo voador (eka pada bakasana)

eka pada bakasana postura do corvo

A Bakasana com uma perna, frequentemente referida como “Corvo Voador”, é uma variação avançada da tradicional Bakasana.

Comece na tradicional Bakasana, equilibrando-se nas mãos com os joelhos posicionados próximo às axilas ou tríceps.

Uma vez que você tenha estabilizado sua Bakasana, escolha uma perna para estender.

Com controle e foco, comece a estender lentamente a perna escolhida diretamente para trás, mantendo-a paralela ao chão ou levantando-a um pouco mais alto.

Mantenha os músculos abdominais e os glúteos ativados para ajudar a sustentar a perna estendida. Isso também ajudará a manter o equilíbrio.

Acessórios para yoga: tapetes, blocos, bolster, almofadas e mais - Escolha aqui

Olhe fixamente em um ponto à frente no chão. Mantenha a respiração calma e estável, evitando prender a respiração.

postura do corvo eka pada bakasana

Com controle, dobre a perna estendida e traga-a de volta à posição Bakasana original.

Depois, você pode escolher repetir com a outra perna ou sair da postura colocando os pés no chão.

O “Corvo Voador” é uma bela demonstração de força, equilíbrio e graça.

Embora seja um pouco difícil, dominar essa variação pode ser extremamente gratificante e pode oferecer uma nova perspectiva sobre as possibilidades do corpo e da mente quando trabalham em harmonia.

Parsva bakasana: bakasana lateral

Parsva bakasana lateral postura do corvo

Parsva Bakasana ou postura do corvo lateral, é uma variação de torção da tradicional Bakasana.

Essa postura combina os elementos de equilíbrio sobre as mãos com a adição de uma torção, desafiando ainda mais sua força, equilíbrio e flexibilidade.

  • Comece em uma posição de cócoras com os pés próximos um do outro.
  • Mantenha as mãos no chão à frente de seus pés, como se estivesse se preparando para a Bakasana.
  • Torça o tronco para a direita, tentando levar o joelho esquerdo ao chão do lado externo do braço direito.
  • Mova as mãos para o centro, ficando mais próximas uma da outra, enquanto mantém os dedos bem abertos.
  • O punho direito ficará um pouco atrás do esquerdo, criando um pequeno ângulo.
  • Mantenha seu olhar um pouco à frente para ajudar no equilíbrio e ative seus músculos abdominais para ajudar na torção e no equilíbrio.
  • Comece a transferir o peso do corpo para as mãos, levantando os pés do chão.
  • Com a torção, você notará que a maior parte do peso recai sobre a mão direita.
  • Tente juntar ambos os pés, engajando os músculos internos da coxa.
  • Respire de maneira controlada e estável, mantendo a postura por alguns segundos.
  • Para sair da postura, desfaça a torção colocando os pés de volta ao chão e retorne à posição inicial.
  • Lembre-se de repetir a postura para o lado oposto.

Sugestões para iniciantes

Praticar a Parsva Bakasana ou qualquer outra postura avançada de yoga pode ser um desafio, especialmente para iniciantes.

No entanto, com as abordagens e dicas corretas, mesmo os iniciantes podem começar a trabalhar em direção a essas posturas de maneira segura e eficaz.

Antes de tentar posturas avançadas, é vital ter uma base sólida em posturas básicas.

Pratique posturas como Chaturanga Dandasana e outras posturas básicas para desenvolver força nos braços, ombros e core.

Blocos de yoga, cintos e almofadas podem ser extremamente úteis.

Por exemplo, colocar blocos sob os pés em posturas de equilíbrio vai dar uma sensação de onde o equilíbrio está e ajudar na transição para a postura sem assistência.

Se a ideia de cair o intimida, pratique em uma superfície macia ou use almofadas ao redor para amortecer qualquer queda.

Desmembre a postura em partes menores e trabalhe em cada uma delas.

Por exemplo, antes de tentar a Parsva Bakasana, pratique a torção sentada e o equilíbrio básico em Bakasana.

A respiração é a chave no yoga. Em posturas desafiadoras, pode ser tentador prender a respiração, mas isso só tornará a postura mais difícil.

Respire calma e profundamente.

A parede pode ser uma ótima aliada, especialmente para posturas de equilíbrio. Isso oferece suporte e ajuda a superar o medo de cair.

Acessórios para yoga - tudo pra você evoluir a sua prática: Escolha aqui

Aulas de yoga para iniciantes geralmente dão mais atenção às bases e fornecem dicas e modificações que podem ser úteis. Cada corpo é diferente.

O que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra. Se você sentir dor (não confundir com desconforto), pare e ajuste.

A prática de yoga é uma jornada, não um destino.

Celebrar pequenos progressos e ser gentil consigo mesmo é essencial. Não se compare aos outros; concentre-se em seu próprio progresso.

postura do corvo bakasana ou kakasana

Contraindicação

A postura coloca bastante peso nos pulsos. Se você tem uma lesão no pulso ou fraqueza na área, evite essa postura até a recuperação completa.

A força e a estabilidade dos ombros são importantes na postura do corvo e suas variações.

Qualquer lesão ou inflamação no ombro pode ser agravada pela postura.

Se você tem problemas persistentes de equilíbrio devido a condições médicas, seja cauteloso ao tentar posturas de equilíbrio, especialmente sem supervisão.

Mulheres grávidas, especialmente nos estágios avançados, devem evitar posturas que coloquem pressão direta no abdômen ou que tenham risco de queda.

Se você teve uma cirurgia abdominal ou condições que afetam o abdômen, é aconselhável evitar posturas que exerçam pressão ou torção nesta área.

Pessoas com pressão arterial não controlada devem ser cautelosas ao praticar posturas avançadas, pois o esforço excessivo pode aumentar a pressão arterial.

Pessoas com qualquer tipo de hérnia, especialmente hérnia inguinal, devem evitar essa postura, pois ela pode exacerbar a condição.

Se você tem osteoporose ou outras condições que enfraquecem os ossos deve abordar qualquer postura de peso e procurar por orientação profissional.

Conclusão

A prática do yoga, com suas diversas posturas e variações, oferece um caminho para a autodescoberta, fortalecimento e equilíbrio, tanto físico quanto mental.

A Bakasana é um excelente exemplo do desafio e da recompensa que o yoga pode trazer.

Como uma postura avançada, ela exige força, equilíbrio, flexibilidade e foco, representando não apenas uma conquista física, mas também uma mental.

Para iniciantes e praticantes avançados, o segredo é sempre se mover com consciência, respeitando os limites do próprio corpo e reconhecendo que cada prática é uma oportunidade para aprender e crescer.

Artigo recomendado: Baddha Konasana: postura do ângulo ligado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima