Salamba sirsasana: uma postura esplêndida e desafiadora

Salamba Sirsasana, conhecida no ocidente como a Postura Invertida sobre a cabeça, é uma das mais emblemáticas e desafiadoras posturas do Yoga.

Originária do Sânscrito, onde Salamba significa ‘suporte’, Sirs, ‘cabeça’, e Ásana, ‘postura’, essa prática é muito mais que um simples exercício físico.

yoga ou ioga Salamba Sirsasana

Considerada uma poderosa postura de inversão, ela nos convida a ver o mundo sob uma nova perspectiva, desafiando nossa estabilidade, equilíbrio e calma.

Através da Salamba Sirsasana, exploramos nossa força interior e tocamos uma fonte inesgotável de energia.

Por que praticar salamba sirsasana?

  • Desenvolve equilíbrio e estabilidade mental e física.
  • Ensina a arte da paciência e concentração.
  • Fortalece a musculatura, preparando corpo e mente para desafios.
  • Estudos mostram que auxilia na recuperação e fortalecimento pós-lesões, especialmente no manguito rotador.

De acordo com o livro Luz no Yoga de Sri BKS Iyengar, livros antigos relatam que a prática regular de Sirsasana traz uma abundância de sangue puro e saudável para as células do cérebro.

OFERTA
Luz Sobre o Yoga: Yoga Dipika
Esse clássico, escrito por um dos mestres de yoga mais celebrados da atualidade, é uma fonte de conhecimento e o guia essencial para todos, do iniciante ao praticante avançado. Inclui orientações passo a passo, com fotos do próprio B. K. S. Iyengar, para cada rotina de yoga.

Para realizá-la com segurança, é essencial contar com a orientação de um profissional qualificado e respeitar as condições do seu corpo, considerando uma preparação adequada.

Há recomendações específicas como praticá-la com o estômago vazio, preferencialmente pela manhã cedo, e respeitando um intervalo de 10 a 12 horas após a última refeição.

Assim, a irrigação fornecida às glândulas pituitária e pineal do cérebro promoveria o crescimento espiritual, a saúde, mas também a vitalidade do nosso corpo.

Aprimore a sua prática com os melhores acessórios para yoga: Escolha aqui

Quando praticada com cuidado, a Salamba Sirsasana pode tornar-se uma prática transformadora, permitindo que cada um de nós se reconecte com o próprio corpo e mente, em busca de um bem-estar integral.

Benefícios

  • Estimula a glândula pineal e pituitária
  • Fortalece a coluna, pescoço, ombros e braços
  • Tonifica as pernas e abdômen
  • Reduz o acúmulo de líquido nas pernas e pés
  • Melhora o fluxo sanguíneo e a respiração
  • Atua contra dores de cabeça, ansiedade e sintomas da menopausa
  • Aumenta a consciência mental e corporal
  • Melhora a postura e a digestão

Praticar Salamba Sirsasana pode trazer uma série de benefícios para o corpo e a mente.

Quando executada corretamente, essa posição desafia o corpo a trabalhar contra a gravidade, estimulando o funcionamento integral do corpo e auxiliando no processo de desintoxicação.

Ela proporciona também:

Aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro: salamba sirsasana aumenta o fluxo de sangue para o cérebro, contribuindo para uma maior vitalidade.

Clareza mental e maior concentração: esa postura pode ajudar a desenvolver a concentração, diminuir a ansiedade e promover um equilíbrio emocional.

Estímulo da glândula hipófise: a posição invertida sobre a cabeça estimula a glândula hipófise, melhorando assim o sistema endócrino e a função da tireoide.

Ativação do sahasrara chakra (chakra da coroa): este asana é conhecido por sua capacidade de ativar o Sahasrara Chakra, que ser refere a nossa intuição e conexão com o Divino.

Contudo, como já vimos, é importante lembrar que esta postura deve ser praticada sob as instruções de um professor qualificado.

É contraindicada para pessoas com lesões no ombro, pressão arterial alta não controlada, glaucoma e gestantes.

yoga ou ioga Salamba Sirsasana

Como praticar

Antes de você começar a praticar salamba sirsasana, precisa estar ciente que esta é uma postura indicada para praticantes de nível intermediário a especialista na prática do yoga.

Isso porque é preciso força já desenvolvida e um centro de gravidade estabilizado.

Lembre-se, tudo se resume a muita prática e você será capaz de fazer este maravilhoso asana. Para começar:

  • Escolha uma base que não seja muito dura e nem macia demais.
  • Você pode usar um tapete de yoga que tenha a espessura mais densa (com espessura de 6mm).
  • Considerando que você seja iniciante, prefira praticar perto de uma parede, para usa-la como suporte caso venha a desequilibrar.
  • Comece na posição Vajrasana (postura do diamante).
vajrasana postura do diamante
Vajrasana (postura do diamante).
  • Agora vai ativando o abdômen levemente, buscando a força e estabilidade no seu core (centro do corpo).
  • Mantenha as costas ereta e “empurre” o umbigo rumo a sua coluna vertebral.
  • Direcione seu corpo para frente, repousando os antebraços no solo.
  • Cuide para não deixar os cotovelos mais abertos que a largura dos ombros.
  • Coloque as mãos na sua nuca com os dedos entrelaçados.
  • Procure distribuir o peso de forma uniforme nos antebraços.
  • Estique ambas as pernas com os dedos dos pés apontados para trás.
  • Com a prática você vai percebendo a forma mais confortável de apoiar sua cabeça no chão.
  • Experimente caminhar com os pés em direção da cabeça.
  • Neste ponto as costas estará numa posição vertical.
  • Permaneça um tempo nesta posição afim de estabilizar o seu corpo e a pressão sanguínea.
  • No momento que se sentir preparado (a), levante um pé do solo, deixando o joelho flexionado.
  • Simultaneamente, você irá fazer esse movimento com um impulso firme do abdômen.
  • O próximo passo é erguer o outro pé, também empurrando o abdômen.
  • Aqui, ambos os joelhos estarão flexionados e com os pés fora do chão, apontados para o teto (que maravilha, você está indo bem!)
  • Conseguindo segurar esta postura, você já terá superado boa parte do desafio para entrar de vez em Salamba Sirsasana.

Agora é o momento tão esperado

Você está a um passo de entrar completamente na postura invertida sobre a cabeça.

Mova completamente o peso do seu corpo para os antebraços e nunca para a cabeça.

A cabeça servira apenas como um apoio no solo.

Estique sua perna direita e em seguida sua perna esquerda com uma concentração e calma inabalável.

A região lombar deverá estar numa posição neutra, abdômen ativo e o corpo inteiramente equilibrado.

Imagine que está empurrando o solo com seus antebraços e mantenha os ombros afastados das orelhas.

Procure deixar a pélvis alinha do o resto do corpo, no começo, você pode usar uma parede como apoio para suas pernas.

Com a prática ela não será mais necessária e você irá fazer esta postura com total maestria. Acredite!

Acessórios para yoga: tapetes, blocos, bolster, almofadas e mais - Escolha aqui

yoga ou ioga Salamba Sirsasana

Precauções e riscos

Executar a Salamba Sirsasana necessita de cuidado extremo, pois existem riscos associados a esta postura.

É fundamental entender e respeitar os limites do seu corpo para evitar lesões. A pressa é inimiga nesta jornada.

Nunca force a postura. Se sentir desconforto ou dor, pare imediatamente.

Se você é novo no Yoga, busque orientação profissional antes de tentar a Salamba Sirsasana.

Pessoas com problemas de saúde específicos, como hipertensão ou problemas cervicais, devem evitar esta postura e buscar orientação médica.

Praticar Salamba Sirsasana com consciência e cuidado é o segredo para evitar lesões e desfrutar dos benefícios que esta postura pode oferecer.

Conclusão

Uma asana que exige muita concentração, mas promove imensa paz de espírito, a Salamba Sirsasana é uma das posições mais respeitadas da Yoga.

Em resumo, a postura invertida sobre a cabeça, é uma prática de yoga que exige força, foco e equilíbrio.

Essa postura, quando realizada corretamente, pode trazer uma série de benefícios para o corpo e a mente, desde o aumento da força dcorporal até a calma e a clareza mental.

É importante lembrar que a segurança deve sempre vir em primeiro lugar ao praticar Salamba Sirsasana.

Isso significa evitar colocar peso na cabeça e no pescoço e, em vez disso, permitir que seus braços e ombros o sustentem.

É aconselhável evitar a postura se você estiver estressado, com sono comprometido, fatigado ou se outros fatores estiverem afetando seu bem-estar.

Finalmente, incentivamos você a experimentar esta postura e a experimentar os benefícios em seu próprio corpo e mente.

Lembre-se, a prática regular é a chave para colher os benefícios completos do Salamba Sirsasana e de qualquer outra postura de yoga

Recomendado: descubra quais são os Exercícios de Yoga Para os Olhos

3 comentários em “Salamba sirsasana: uma postura esplêndida e desafiadora”

  1. Fernanda Trentini

    Boa tarde!
    Namaste… queria tirar uma dúvida, eu tenho mais de 4 anos de prática, abdômen e pescoço fortes e consigo fazer o salamba sirsasana com as mãos apoiadas no chão e cotovelos para o alto, subo e desço com a força do abdômen, sem cair ou precisar de impulso… porém não me sinto confortável e segura de fazer a mesma postura com as mãos atrás da cabeça e antebraço no chão. Me falta fortalecer algum músculo ou pode ser algo da minha anatomia?

    1. Oi Fernanda, namastê! Pelo que percebo, o que realmente lhe falta é autoconfiança para executar a Sirsasna A, por que conciência corporal você já possui. Tente começar na parede isso certamente vai te dar mais segurança, ah e não pule a pose da criança no final. Te indico esse vídeo da Pri Leite, onde ela explica com mais detalhes como fazer essa postua de forma segura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima