Exercícios

Exercícios de Yoga Para os Olhos

Os simples exercícios que você vai descobrir neste artigo são capazes de melhorar absurdamente sua visão (além de ajudá-lo a se concentrar e relaxar). Você verá também como treinar seu terceiro olho.

Já vi relato de alguém que era iniciante no Sivananda e descobriu uma série fantástica de exercícios simples para os olhos.  Talvez, para uma pessoa capaz de examinar uma mosca a uma distância 100 metros, vai julgar desnecessário esse tipo de exercício.

Passado alguns anos, já com dificuldades para ler os sinais das estradas antes de perder a saída, a sabedoria dos Àsanas oculares pode ser a algo que fará toda diferença à medida que envelhece.

yoga para os olhos exercícios

O Método do Dr William Horatio Bates

O Dr William Horatio Bates, foi um Oftalmologista americano nascido em Newark, Nova Jérsia, em 23 de Dezembro de 1860. Graduou-se na Universidade de Cornell em 1881 e diplomou-se em medicina no ano 1885.

No ano de 1919, Bates lançou o livro Melhoramento da Visão Natural onde compartilhava os seus estudo e ensinava exercícios aos leitores. Infelizmente, ele sofreu severas perseguições pela comunidade médica e rotulado de charlatão, ao ponto de ser expulso do Conselho de Medicina Americano.

Havia também as indústrias óticas e demais oftalmologistas que proibiram a divulgação do seu método, adquirindo os direitos autorais de sua obra, recolhendo os estoques existentes, sendo complicado achar atualmente o livro de Bates, pois com essa ação, não foram mais editadas novas versões

Bates desenvolveu uma série de exercícios e posturas mentais ligadas à maneira correta de enxergar, que foi chamado de Método Bates.

De acordo com seus ensinamentos, é necessário colocar atenção no que está vendo bem como equilibrar as emoções, uma vez que enxergamos 90% por meio do cérebro e somente 10% através dos olhos.

Para nossa sorte, no Brasil, o quiropraxista Matheus de Souza foi um dos responsáveis por divulgar a metodologia de bates por meio do seu Livro Como Enxergar Bem Sem Óculos contendo todos os ensinamentos e exercícios do Método Bates.

Os Benefícios do Yoga Para os Olhos

Vários problemas de visão ligados à idade originam devido a perda gradual de flexibilidade e tônus ​​nos músculos oculares. Isso pode ser influenciado pelos padrões habituais, como não praticar a concentração em diferentes distâncias.

Caso você tem a sorte de possuir uma visão magnífica e não deseja perdê-la, as evidências sugerem que os exercícios de yoga para os olhos vão te ajudar a alcançar tal objetivo.

Todo indivíduo com linhagem Sivananda identificaria os principais exercícios ministrados pelo célebre oftalmologista William H. Bates.

Ele disse que era capaz de melhorar a percepção visual com as palmas das mãos postas sobre os olhos, rotação do globo ocular e mudança de visão – os exatos exercícios de Sivananda que muitos encaram com indiferença.

O falecido médico Swami Sivananda (08/09/1887 a 14/07/1963 – Índia) via a visão como o mais abusado dos nossos cinco sentidos.

De acordo com Swami Sitaramananda “a forma mais ligeira de trazer a mente para a concentração é por meio dos olhos”.

Ainda que pareça fantasiosa, essa correlação entre olhos e mente possui uma profunda base fisiológica. A visão ocupa aproximadamente 40% da capacidade do cérebro; motivo pelo qual fechamos os olhos para relaxar e adormecer.

Surpreendentemente, não é o alongamento e contração muscular que parece causar o maior efeito.

O relaxamento muscular nos olhos é um poderoso exercícios bem como o elemento mais essencial da saúde ocular.

Exercícios de Asanas

O primeiro exercício inicia com as pálpebras abertas, a cabeça e o pescoço imóveis e o corpo completamente relaxado.

  • Pense num relógio na sua frente e levante o globo ocular até as 12 horas.
  • Aguarde por um segundo e em seguida desça os globos oculares às seis horas.
  • Mantenha-os fixados no “relógio”. Siga movendo os globos oculares para cima e para baixo 10 vezes, sem piscar, se possível.

Seu olhar precisa estar firme e relaxado. Quando finalizar esses 10 movimentos, esfregue as palmas das mãos para gerar calor e coloque-as suavemente sobre os olhos, sem pressionar.

Deixe os olhos relaxarem na escuridão intensa. Foque na respiração, perceba o prana quente que emana das palmas das mãos e desfrute da quietude momentânea.

  • Siga este exercício com movimentos oculares horizontais – das nove às três – finalizando novamente com “palming” (pondo as mãos sobre os olhos).
  • Em seguida, execute movimentos diagonais – das duas às sete e das 11 às quatro – outra vez seguidos de palmas.
  • Encerre a rotina com 10 círculos completos em cada direção, como se estivesse traçando a borda do relógio.

Esses movimentos do globo ocular promovem equilíbrio para as pessoas que trabalham de perto, por exemplo, estudantes que passam bastante tempo lendo ou trabalhando em computadores.

Você pode ficar surpreso ao descobrir que a parte essencial deste exercício oferece mais do que uma pausa agradável. Nossos fotorreceptores quebram e são reconstruídos a cada minuto.

O olho necessita desesperadamente da escuridão para se recuperar do estresse constante da luz.  

Paralelo as palmas das mãos, o yoga em geral beneficia os olhos, diminuindo a tensão. Ainda que o efeito do yoga nos olhos não tenha sido cientificamente medido, estudos demonstram que um simples exercício como andar, é capaz de reduzir a diminuir a pressão no globo ocular em 20%.

Treinamento do Terceiro Olho

Quando você já domina os exercícios do glóbulo ocular, já pode ir um passo adiante, se assim desejar.

Você deve se sentar relaxado (a) e parado (a), escolha um ponto à distância e foque a sua atenção nele.

yoga para os olhos asanas

Levante o braço e coloque o polegar logo abaixo do ponto de concentração.

Agora comece a alterar o foco entre a ponta do polegar e o ponto distante, mudando ritmicamente entre a visão de perto e a distância.

Faça o exercício 10 vezes e em seguida relaxe os olhos com a palma da mão e a respiração profunda.

Ao praticar tal exercício, você está treinando um órgão chamado corpo ciliar (localizado atrás da Íris), que ajusta as lentes do olho. Os padrões habituais de foco degradam a flexibilidade natural do corpo ciliar.

A alteração de pontos focais neutraliza essa rigidez exercitando o órgão em toda a sua extensão, bem como trabalhamos grupos musculares complementares na prática do asana.

Ao treinar os olhos para concentrar no ajna chakra (o “terceiro olho”, localizado entre e logo acima das sobrancelhas), um iogue capacita sua mente para se voltar para dentro.

Tratamento Para os Olhos

Pode ser que você tenha visto a imagem de um iogue olhando para uma chama de vela. Então você viu trataka, um exercício de limpeza dos olhos descrito nos Upanishads e presente em outros textos de yoga, como o Hatha Yoga Pradipika.

Trataka também pode ser visto nos textos do Ayurveda (medicina tradicional indiana), onde é aconselhado estimular o alochaka pitta, o centro de energia relacionado à visão.

Embora tradicionalmente praticado com uma vela, o trataka pode utilizar quase todo ponto de foco externo, como um ponto na parede. Foque seu olhar em um objeto, sem piscar, até que seus olhos comecem a lacrimejar.

Então feche os olhos e experimente manter uma imagem vívida desse objeto pelo maior tempo possível. Cada vez que você pratica trataka, eleva o tempo em que mantém a pós-imagem.

Este exercício também pode estimular a clarividência. Os iogues desenvolvem essa habilidade para manter suas mentes fixadas na meditação em determinada imagem sagrada – e, por extensão, na experiência divina associada a essa imagem.

As intrincadas mandalas espirituais que vemos em livros sagrados da Índia e do Tibete, são também projetadas para esse fim.

“Este artigo não substitui o parecer médico profissional. Sempre consulte um médico para tratar de assuntos relativos à saúde.”

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Política de Privacidade e Termos de Uso Solicitação de acesso aos dados recolhidosPolítica de CookiesContatoSitemap