Natarajasana: a postura do dançarino

Dentro do vasto universo do yoga, algumas posturas capturam a essência da dança, equilíbrio e graça de forma tão icônica quanto a natarajasana, também conhecida como a postura do dançarino ou a postura de shiva.

Natarajasana postura de shiva

O nome é derivado das palavras sânscritas “Nata”, que significa dança, e “Raja”, que significa rei.

A postura é uma homenagem ao deus hindu Shiva, que é frequentemente representado em uma dança cósmica de criação, preservação e destruição.

Assim como Shiva equilibra essas forças universais, a postura do dançarino desafia os praticantes a encontrar equilíbrio e harmonia entre força e flexibilidade, quietude e movimento, terra e céu.

Neste artigo, vamos falar sobre a beleza e os benefícios desta postura elegante e os caminhos para alcançá-la com graça e segurança.

Como praticar natarajasana

A natarajasana é uma pose de equilíbrio e alongamento que trabalha várias partes do corpo simultaneamente.

Quando praticada corretamente, ela fortalece as pernas, abre o peito e os ombros e desafia o equilíbrio e a concentração.

  • Comece em Tadasana (Postura da Montanha) com os pés juntos e as mãos ao lado do corpo.
  • Mantenha-se ereto e respire profundamente.
  • Mova o peso do corpo para o pé direito e dobre o joelho esquerdo, levando o calcanhar em direção aos glúteos.
  • Estenda a mão esquerda para trás e segure o tornozelo esquerdo ou o peito do pé.
  • Mantenha o polegar apontando para baixo e os outros quatro dedos apontando para cima.
  • Antes de avançar, encontre um ponto fixo à sua frente para focar e ajudar no equilíbrio.
  • Ao inspirar, estenda o braço direito para cima, em linha reta.
  • Ao expirar, comece a empurrar o tornozelo esquerdo para cima e para trás,
  • inclinando o tronco para a frent, mantenha o peito aberto e o olhar focado no ponto fixo.

Quanto mais você empurrar o pé esquerdo para trás e para cima, mais profunda será a postura.

Aprimore a sua prática com os melhores acessórios para yoga: Escolha aqui

No entanto, lembre-se de manter os quadris alinhados e evitar que o quadril esquerdo se levante excessivamente.

Uma vez na postura, respire profundamente e tente mantê-la por 5-10 respirações, ou conforme sua capacidade.

Para sair da postura, libere lentamente o tornozelo esquerdo, retorne à Postura da Montanha e repita no lado oposto.

Benefícios físicos de Natarajasana

A natarajasana não é apenas uma representação visualmente bela do equilíbrio e da graça, mas também traz uma série de benefícios físicos quando praticada regularmente.

Ativa o chakra sacral, chakra raíz e o chakra do coração.

1. Fortalece os músculos das pernas e tornozelos: ao se equilibrar em uma perna, você está ativando e fortalecendo os músculos das coxas, panturrilhas e tornozelos.

2. Melhora o equilíbrio e a coordenação: a postura exige um alto grau de concentração e estabilidade, ajudando a melhorar o equilíbrio geral e a coordenação motora.

3. Estende e fortalece a parte inferior das costas: a natureza de arco da pose ajuda a estender a coluna, fortalecendo os músculos da parte inferior das costas e aliviando a tensão.

4. Abre o peito e os ombros: ao esticar o braço à frente e puxar o outro pé para trás, você está abrindo e alongando a região do peito e dos ombros, melhorarando a postura e aliviar o estresse e a tensão nessa área.

5. Aumenta a flexibilidade dos quadris: puxar o pé para trás na natarajasana dá aos quadris um estiramento profundo, aumentando a flexibilidade e aliviando a rigidez.

6. Estimula o sistema digestivo: a natureza de torção e estiramento da pose ajuda a massagear os órgãos internos, promovendo uma melhor digestão e eliminação.

7. Tonifica os músculos abdominais: manter o equilíbrio exige uma ativação constante dos músculos abdominais, tonificando e fortalecendo a área do core.

8. Estimula o sistema circulatório: a pose ajuda a melhorar a circulação sanguínea, especialmente na região do peito e das pernas.

9. Ajuda na abertura dos flexores do quadril: ao puxar o pé para trás, os flexores do quadril são alongados, o que pode ser benéfico para pessoas que passam muito tempo sentadas.

10. Melhora a concentração e o foco: manter o equilíbrio enquanto se está em uma postura desafiadora requer um alto grau de concentração, ajudando a melhorar o foco mental.

Natarajasana yoga ou ioga

Dicas para iniciantes

Se o equilíbrio é um desafio, comece perto de uma parede. Mantenha-se de pé ao lado dela, de forma que você possa tocá-la com a mão para ajudar no equilíbrio, se necessário.

Se você não consegue alcançar o tornozelo ou o pé com a mão, use uma alça ou cinto de yoga.

Envolva-a ao redor do tornozelo ou arco do pé e segure a outra extremidade com a mão, ajustando o comprimento conforme necessário.

Escolha um ponto fixo à sua frente, no nível dos olhos, e concentre-se nele. Isso ajuda a melhorar o equilíbrio e a estabilizar a postura.

Em vez de tentar inclinar-se muito para a frente no início, concentre-se primeiro em encontrar o equilíbrio com uma inclinação menor.

Com o tempo, à medida que você se torna mais confortável com a postura, naturalmente começa a inclinar-se mais para a frente.

Acessórios para yoga: tapetes, blocos, bolster, almofadas e mais - Escolha aqui

À medida que você entra na postura, pode ser tentador levantar o quadril do lado da perna levantada. Tente manter ambos os quadris nivelados e voltados para a frente.

Lembre-se de respirar profundamente e de forma constante enquanto pratica a postura.

Isso não só ajuda na estabilidade, mas também ajuda a relaxar os músculos e aprofundar o alongamento.

Antes de tentar a natarajasana, aqueça com posturas que ajudam a abrir os quadris, ombros e peito, como Anjaneyasana (postura da lua crescente) ou Gomukhasana (postura da cabeça de vaca). Isso preparará seu corpo para a postura do dançarino.

O mais importante não é quão profundo você consegue entrar na postura, mas a atenção e a intenção que você traz para ela.

Postura reclinada da dança de Shiva: supta natarajasana

Supta natarajasana é uma postura de yoga muito especial, pois foi inspirada na célebre dança de Shiva, o deus hindú da destruição e criação.

Apesar de parecer desafiador, esta postura é um ótimo exercício para alongar e tonificar o corpo.

postura reclinada supta natarajasana

A história e origem da postura supta natarajasana remonta às antigas escrituras védicas.

Acredita-se que este movimento foi usado originalmente como parte de uma ritual de adoração a Shiva.

Hoje é praticado como uma das posturas de yoga mais populares e desafiadoras.

A postura supta natarajasana é realizada quando o praticante está deitado de barriga para cima, com as pernas dobradas e os braços estendidos para o lado.

Como praticar a postura supta natarajasana

Supta Natarajasana é uma postura energizante que alonga todo o corpo.

Ela é considerada um clássico entre as posturas de ioga, pois trabalha os membros inferiores, o core, os braços e a coluna.

Para realizar esta postura, siga os seguintes passos:

  • Comece deitado de costas.
  • Estenda a perna esquerda à sua frente e dobre o joelho direito. Imagine que o seu joelho esteja se movendo em direção ao seu peito.
  • Ao expirar, cruze lentamente o joelho direito sobre a perna esquerda.
  • Certifique-se de que ambas as omoplatas estejam totalmente alinhadas e sobre o chão.
  • Uma vez na posição, inspire e expire para obter o máximo benefício da postura.
  • Se sentir um longo alongamento nas coxas, virilha, braços, pescoço, e costas, você está no caminho certo.
  • Agora, para aprofundar a postura, realize o movimento alternado dos joelhos, trazendo o joelho direito até o seu peito e depois voltando para a posição inicial.
  • Faça isso de maneira lenta e controlada, sempre mantendo as omoplatas alinhadas.
  • Mantenha a postura de supta natarajasana por um tempo e, durante esse tempo, certifique-se de que o seu pescoço e as suas omoplatas estão relaxados.
  • Gire a cabeça para a direita e olhe para a palma da mão direita

Supta Natarajasana é uma postura energizante e restauradora que tem o poder de alongar o corpo inteiro.

Se você seguir os passos corretamente, com certeza sentirá todos os benefícios desta poderosa postura de ioga.

Benefícios

  • Fortalecimento dos músculos abdominais.,
  • Alonga a parte inferior das costas, as coxas, o peito e as virilhas.
  • Melhorar a flexibilidade do corpo, especialmente na região lombar.
  • Melhora a circulação sanguínea.
  • Melhorar o funcionamento dos órgãos internos.
  • Audar a reduzir o estresse e promover o relaxamento.

A relação entre Yoga Iyengar e Natarajasana

O Yoga Iyengar é uma das formas mais amplas de prática de yoga.

Sua abordagem é por meio de alinhamento , a fim de estabelecer um nível profundo de consciência de si mesmo e sensação de equilíbrio e equilíbrio interno.

O Yoga Iyengar também é conhecido por seu uso de acessórios como cintas, blocos e almofadas, para ajudar na prática.

Acessórios para yoga - tudo pra você evoluir a sua prática: Escolha aqui

Durante a prática da postura de Shiva você pode fazer o uso de tais acessórios para facilitar a sua prática.

O alinhamento é fundamental, pois permite que o você explore melhor o seu próprio potencial e pode ser alcançado usando acessórios como cintas, blocos e almofadas, para ajudar a alcançar um ajuste preciso.

O Yoga Iyengar também ajuda a aprender a realizar essa postura de forma segura e consciente.

A prática da postura de Shiva, com o alinhamento do Yoga Iyengar, ajuda a estimular os músculos da parte superior das costas, da parte inferior das costas e dos quadris.

Contraindicação

Se você tem uma lesão recente ou crônica no tornozelo ou no joelho da perna de apoio, pode ser melhor evitar essa postura até que a lesão esteja totalmente curada.

A postura tem uma natureza de arco, gerando uma certa pressão na região lombar.

Se você tem uma lesão ou condição crônica nas costas, deve abordar essa postura com cautela ou evitá-la.

Pessoas com pressão arterial alta devem ter cuidado ao praticar posturas que alteram o equilíbrio ou que exigem uma flexão intensa da coluna.

Se você costuma sentir tonturas, vai ser desafiador manter o equilíbrio nesta postura.

Se você tem uma lesão no ombro do braço que está puxando o pé, pode ser melhor evitar a postura ou praticá-la com moderação, usando uma alça ou cinto de yoga para diminuir a intensidade do alongamento.

Já que o equilíbrio é importante para essa postura, problemas no ouvido interno, que afetam o equilíbrio, podem tornar a pose desafiadora e potencialmente insegura.

Conclusão

Natarajasana é uma celebração da força, equilíbrio e graça que reside em cada um de nós.

Ela desafia nosso corpo, nossa mente e nosso espírito, exigindo de nós não apenas flexibilidade física, mas também foco mental e determinação.

Porém, mais do que sua estética ou os benefícios físicos que ela vai te proporcionar, a verdadeira essência dessa postura reside no que ela representa.

A dança contínua da vida, a interação entre o equilíbrio e o movimento, e a capacidade de se manter centrado mesmo em meio à complexidade.

Para os iniciantes, natarajasana pode parecer inatingível no início.

No entanto, como qualquer outra postura ou desafio na vida, com paciência, prática e dedicação, torna-se não apenas possível, mas também uma fonte de alegria e realização.

Então, da próxima vez que você se posicionar em natarajasana, lembre-se de que está participando de uma dança milenar – uma dança que celebra a vida, a resiliência humana e o espírito indomável que todos compartilhamos.

Eka pada setu bandha sarvangasana: como praticar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima