Hatha Yoga

O Que é Prana no Yoga? Descubra agora!

O Que é Prana no Yoga? Descubra agora!

“Prana é o sopro da vida para todos os seres do universo”. – BKS Iyengar

Você sabe o que é Prana na Yoga? Muita gente ainda não sabe, principalmente os iniciantes na prática. Mas como o nosso blog é especialista em esclarecer as dúvidas sobre a Yoga, vamos explicar também o que é Prana.

Continue lendo e saiba por que essa palavra é tão significativa no mundo dos iogues.

Prana é uma palavra sânscrita?

Prana é uma palavra sânscrita que é usada para designar a energia vital, presente em tudo.

Não há tradução literária da palavra, que, como muitos termos sânscritos, tem vários significados. Prana significa a respiração, mas também seu princípio vital, sua estrutura, sua manifestação orgânica.

Prana é uma noção sagrada, não é apenas o fato de respirar (inspiração / expiração), mas também a vida que é permitida graças a esta respiração.

É uma realidade complexa, física e metafísica, material e espiritual.

A abordagem espiritual de Prana

De acordo com os Upanishads (textos fundadores do Hinduísmo), Prana é uma energia primária e universal que permeia tudo.

Está, portanto, presente em tudo, na Natureza que nos rodeia, no ar que respiramos, na água que bebemos, nos alimentos que comemos.

No corpo, Prana está presente por meio de cinco vayus (respirações):

  • Prana
  • Apana
  • Udana
  • Samana
  • Vyana

Cada um desses vayus tem suas próprias características e um local de localização.

1.     PRANA VAYU

Associado ao elemento ar e ao chacra cardíaco (chacra Anahata), ele apoia os órgãos vitais, dando-lhes força.

É isso que nos permite receber, integrar e assimilar o que física e sutilmente entra no corpo, seja o alimento, as percepções, o ar que respiramos ou mesmo as experiências mentais.

2.     APANA VAYU

Este vayu conectado a Terra e ao chacra raiz (chacra Muladhara) permite eliminar o que se torna supérfluo.

É assimilado pelos rins, cólon, reto e dá força na hora do parto.

Ela entra em consideração na sensação de ancoragem, estabilidade física e emocional.

3.     SAMANA VAYU

Conectado tanto ao fogo quanto ao chakra do plexo solar (Manipura Chakra), desempenha o papel de coordenador dos dois vayus anteriores.

Também está intimamente ligado à digestão, a fim de remover o que precisa ser removido e reter os nutrientes da dieta.

4.     UDANA VAYU

Localizado na garganta e conectado ao elemento éter (que pode ser traduzido como vácuo), é importante para o funcionamento dos sentidos (visão, audição, olfato), bem como para a expressão oral e a expressão do eu.

Seu movimento ascendente pode purificar Ajna Chakra (terceiro olho entre os olhos).

5.     VYANA VAYU

Simbólico do elemento água, seu órgão associado é a pele. Ele coordena e permite a coesão.

Embora distintos, e cada um tendo sua própria função, esses vayus interagem e funcionam juntos. Eles são unidos e complementares.

O que é Prana no Yoga

O que significa “alimentar-se de Prana”?

Agora que você sabe o que é Prana, partindo do postulado de que dele que é uma forma de alimento, não sólido, mas presente em tudo, algumas pessoas optam em algum momento de sua evolução espiritual por abandonar os alimentos físicos para se alimentar exclusivamente de Prana.

Frequentemente, praticam meditação assiduamente e buscam luz e contato humano, além de imersões na natureza, de onde extraem sua vitalidade.

O Prana e a natureza

Em seu livro “Ciência do Pranayama”, Swami Sivananda descreve o que é Prana e explica mais afundo que Prana como o elemento.

Um trecho do livro diz: “Prana é o que faz a máquina de um trem ou vapor trabalhar, que faz os aviões voar, que faz a respiração se mover nos pulmões, que representa a própria vida daquela respiração.

A acreditar nos textos antigos, o Prana é uma energia imanente que circula em nós e à nossa volta.

O prana está presente no ar que respiramos, na luz que vemos, na água que bebemos e nos alimentos que comemos.

Sem dúvida já reparou que o ar é muito mais fresco nas montanhas ou no campo. Por isso é necessário privilegiar os passeios, excursões nestes locais, que trazem mais energia.

O Prana concentra-se em alimentos frescos, bem como em sementes germinadas, frutas e vegetais de origem orgânica.

Alimentos como leite cru, ervas aromáticas, algumas especiarias contêm um alto nível de Prana. Quanto menos o alimento é processado, mais Prana ele contém.

  • A água da nascente é a mais rica em Prana.
  • Prefira água filtrada, de preferência com Binchotan, um carvão purificador tradicional japonês.
  • Você também pode beber água ionizada para desfrutar de seus benefícios.
  • O sol é uma fonte poderosa de Prana. É particularmente eficaz nas primeiras horas da manhã.

Podemos aproveitar esta hora do dia para fazer uma bela meditação, ou no final do dia quando o sol está se pondo no horizonte.

Respiração Pranayama

Agora quero ensinar a vocês, a respiração pranayama, que é uma técnica que consiste na expansão da energia vital, onde:

  • Prana significa energia vital
  • Yama significa expansão, movimento

Benefícios da respiração Pranayama

A partir dessa prática, além dos benefícios físicos que poderá sentir, você poderá perceber estados de consciência onde as flutuações de pensamentos são controladas.

O aprendizado e o aperfeiçoamento da respiração pranayama conuzirá você ao autoconhecimento e autocontrole.

Dois fatores escassos na humanidade hoje em dia, não concorda? Sua prática vitaliza e harmoniza toda energia vital.

Conclusão

O Prana é importante na Yoga e você já deve ter percebido isso.

Essa palavra ajuda ainda mais no processo do autoconhecimento na Yoga, tão desejado pelos praticantes.

Mas lembre-se: tudo é um processo e aos poucos você sentira que o Prana será importante na sua vida também.

Espero que tenha gostado do artigo e que continue acompanhando o nosso blog para saber tudo sobre a Yoga.

Se gostou deste artigo não se esqueça de deixar um comentário e de compartilhar nas redes sociais!

Gratidão!

Leia também: https://yogaouioga.com.br/hatha/conheca-os-oito-membros-da-yoga/

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Política de Privacidade e Termos de Uso Solicitação de acesso aos dados recolhidosPolítica de CookiesContatoSitemap