Os 7 chakras do corpo humano: um guia completo

Quem conhece os 7 chakras do corpo humano sabe o quanto é importante mantê-los em equilíbrio para uma vida plena e saudável.

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga

E de acordo com os yogues, os Chakras são centros de energia que influenciam em nossa saúde física e mental.

Nossos centros energéticos são importantes fontes de energia que nos influenciam em nosso dia a dia, mais do que imaginamos.

Esta energia tem sido usada por práticas milenares, como o yoga, como instrumento para o desenvolvimento espiritual, mental e físico.

Neste artigo vamos discutir sobre os sete chakras e suas conexões com a saúde humana.

O que significa chakra?

A palavra “Chakra” significa “roda” e é uma das palavras mais presentes nas escrituras sagradas do hinduísmo.

Sua comunicação se dá por canais condutores, chamados Nadis, por onde passa nossa energia vital.

Os chakras estão entre os conceitos mais importantes da tradição tântrica, Yoga e Ayurveda. Eles se referem aos nossos centros de energia que se espalham ao longo do corpo humano.

Esses centros energéticos, ou chakras, controlam e influenciam nossos processos físicos, emocionais, mentais e espirituais.

De acordo com a tradição tântrica, existem sete principais chakras no corpo humano. Cada um possui uma função e cor específica, frequência vibratória, símbolo, elemento e som.

Todos esses aspectos são considerados importantes para o equilíbrio e a saúde dos chakras, pois a energia deve fluir livremente através dos chakras.

Os chakras são a base de toda a nossa saúde, pois eles são responsáveis ​​pela manutenção do equilíbrio entre o nosso corpo, mente e espírito.

Quando estão fora de equilíbrio, ou seja, o fluxo de energia é bloqueado, é possível que isso leve a desequilíbrios na saúde física e mental.

Por essa razão, é importante trabalhar com os chakras para promover o equilíbrio.

Por meio de técnicas específicas, como meditação, yoga, visualização, uso de cristais e óleos essenciais, podemos restaurar o equilíbrio dos 7 chakras presentes em nosso corpo.

Estas técnicas ajudamr a liberar o bloqueio de energia e restaurar o fluxo de energia vital para o corpo, mente e espírito.

Os chakras são um conceito profundo e complexo, mas esta é uma visão geral sobre o que eles são e o que significam.

Conhecendo mais sobre origem dos 7 chakras

A história dos chakras é tão antiga quanto a própria tradição indiana, sendo remontada aos Vedas, os escritos mais antigos desse país.

Esses antigos ensinamentos, que datam de aproximadamente 1.500 a.C., tratam sobre os chakras e seu significado espiritual.

Segundo os Vedas, os chakras são descritos como “portais” que nos ajudam a ter acesso à consciência divina, sendo considerados essenciais para a prática espiritual e para o autoconhecimento.

Quanto mais equilibrados e conectados estiverem os nossos chakras, mais saudáveis e fortes seremos.

Eles estão ligados ao sistema dos nadis, os canais de energia que percorrem o corpo.

De acordo com a filosofia indiana, esses canais são responsáveis por levar a energia vital até os diferentes centros de energia do corpo.

Assim, é importante manter abertos e equilibrados esses canais para promover o bem-estar.

A medida que seguimos nossa jornada em busca do autoconhecimento, nos Upanishads tambpem encontramos referências aos 7 chakras e posteriormente no Yoga Sutras de Patanjali, considerado um clássico escrito em meados do ano 200 a.C.

Mais à frente, devido a tradição tântrica, os chakras formaram um laço mais estreito com o yoga, sendo transmitido por mestre aos seus seguidores até ser totalmente difundido em todo o mundo, tal qual conhecemos hoje em dia.

A palavra yoga vem da raiz sânscrita “yuj”, que significa “unir”. Esta união refere-se à ligação entre o corpo, a mente e espírito.

O yoga nos oferece uma variedade de posturas (asanas) e exercícios de respiração (pranayama) que podemos utilizar para nos conectar à energia dos nossos chakras e consequentemente abrir, ativar e equilibrar os nossos centros energéticos.

OFERTA
A Bíblia dos Chakras: o Guia Definitivo de Trabalho com os Chakras
Este guia definitivo para chakras proporciona tudo o que você precisa saber sobre o tema. Ele apresenta a você as auras, a energia sutil e o equilíbrio dos chakras, explicando suas origens na tradição indiana.

Como os 7 chakras do corpo humano funcionam

Os 7 chakras são um dos aspectos mais importantes da fisiologia e da filosofia do yoga. São referidos como centros de energia que controlam a saúde e o bem-estar do corpo humano.

Cada chakra é ligado a um órgão, atuando como um campo de energia que afeta o nosso estado emocional, mental e físico.

Os chakras são identificados pela sua localização, número e cor, e eles podem ser vistos como um sistema de energia que conecta o corpo, a mente e o espírito.

A fisiologia do yoga é baseada na existência de um corpo energético que é composto por nadis e chakras.

Os Nadis são os canais de energia (ida, pingala e sushumna) que correm ao longo do corpo e alimentam os chakras com energia vital, que é chamada de “prana”.

Os chakras correspondem a pontos vitais no corpo e são responsáveis ​​por processos físicos, mentais e emocionais.

Os 7 principais chakras,do corpo humano se encontram ao longo da coluna, cada um representa uma energia diferente e possui diferentes funções no corpo.

Por exemplo, o chakra raiz é responsável pela sobrevivência básica enquanto o chakra da coroa está ligado à espiritualidade.

Importância do alinhamento dos chakras

A energia dos chakras tem um papel essencial no funcionamento da mente e do corpo.

Nossa saúde física, bem-estar emocional e mental estão diretamente relacionados ao fluxo de energia nos chakras.

É por isso que é tão importante manter o alinhamento dos chakras.

O alinhamento dos chakras ajuda a equilibrar a energia, liberando bloqueios e permitindo que a energia fluia livremente.

O alinhamento dos chakras oferece benefícios como maior clareza mental, redução do estresse e ansiedade, melhor equilíbrio emocional, maior bem-estar físico e espiritual.

A meditação e o yoga são excelentes ferramentas para alinhar os chakras e permitir que a energia fluia livremente.

A cor relacionada a cada chakra

Chakra raiz (ou básico) – cor vermelha. Representa a nossa conexão com a terra, com a saúde e com a prosperidade. É o centro de nossa estabilidade, saúde e segurança.

Chakra sacral – cor laranja. Está ligado à nossa libido, sensualidade, criatividade e emoções. Ele controla o fluxo da energia sexual e do prazer.

Chakra umbilical – cor amarela. Está conectado à nossa capacidade de amar incondicionalmente e de aceitar o amor. É a nossa ligação com o nosso poder de cura e autoconfiança.

Chakra cardíaco – cor verde. Está ligado às relações, à compaixão, amor e aceitação. É o centro de nossa capacidade de amar e de abrir o nosso coração.

O chakra laríngeo – cor azul. Representa a nossa comunicação, nossa expressão e a nossa criatividade.

Chakra frontal – cor indigo. Está ligado à nossa intuição, à sabedoria e à nossa compreensão. É o centro da sabedoria interior.

Chakra coronário – cor branca. Representa a nossa conexão com o Divino, nosso eu-superior e a nossa conexão com o universo. É o centro de nossa transcendência.

Ao nos conectarmos com esses chakras, usando as cores e as pedras que lhes estão associadas, podemos explorar ao máximo, a energia da vida.

cor dos 7 chakras do corpo humano

A pedra relacionada a cada chakras

  • Chakra raíz: turmalina vermelha, rubi, quartzo vermelho e granada vermelha.
  • Chakra umbilical: pedra do sol, topázio-imperial e cornalina.
  • Chakra plexo solar: âmbar, jaspe amarelo, topázio amarelo.
  • Chakra do coração: esmeralda, quartzo verde e turmalina verde.
  • Chakra da garganta: turquesa, quartzo-azul, água-marinha e quartzo lavanda.
  • Chakra frontal: safira, quartzo-azul e sodalita.
  • Chakra coronário: lolita, ametista e fluorita.

As pedras ou cristais têm sido usadas há milênios como uma forma de energizar e equilibrar os chakras.

Elas fornecem um meio eficaz para realizar a cura, tanto interiormente quanto exteriormente, por meio do uso de seu poder vibracional.

Quando usadas para os chakras, as pedras podem ajudar a manter os chakras equilibrados, proporcionando mais energia e equilíbrio para quem as usa.

Elas podem ajudar a liberar bloqueios emocionais, energizar os chakras e a conectar o indivíduo à energia do universo.

As pedras aumentam a consciência das energias e vibrações dentro de nós e do ambiente.

Por exemplo, se você está usando uma pedra prateada para equilibrar o seu chakra coronário, ela pode ajudá-lo a conectar-se com a energia do universo e abrir a mente para novas possibilidades.

Kit de 7 Pedras dos Chakras 100% Naturais Médias
Kit de Pedras Naturais – Cristais dos Chakras. Acompanha um mini encarte explicativo, as pedras têm o tamanho médio de 2cm à 3cm • Peso médio do kit: 120 gramas • Pedras 100% naturais Os chakras estando em equilíbrio, proporcionam uma vida equilibrada e harmoniosa.

Qual o significado de cada chacra?

  • 1º chakra: Muladhara – o chakra raiz
  • 2º chakra: Svadhisthanam, o chakra umbilical
  • 3º chakra: Manipura, o chakra do plexo solar
  • 4º chakra: Anahata, o chakra cardíaco
  • 5º chakra: Vishuddha, o chakra laríngeo
  • 6º chakra: Ajña, o chakra frontal
  • 7º chakra: Sahaswara, o chakra coronário

1. Muladhara – chakra raiz

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga Muladhara o chakra raiz

O nosso chacra raíz (Muladhara) nos conecta à Terra, ao nosso conforto material.

Associado à cor vermelha, está localizado ao nível do cóccix, na base da coluna vertebral. Se estiver desequilibrado, os sintomas podem ser ansiedade, falta de vitalidade, insegurança e baixa resistência física.

Esta situação também resulta em problemas nas costas, problemas digestivos, cistos ovarianos, dor no quadril e problemas de próstata.

É o chakra responsável por nos conectar à terra, à nossa ancestralidade e às nossas raízes. A energia deste chakra está relacionada à estabilidade, segurança e proteção.

É representado por um círculo vermelho refletindo a energia da terra, do fogo e da natureza. É o centro energético de força, estabilidade e ligação com o mundo físico.

Este chakra é responsável por nossa sobrevivência básica, segurança e confiança em nós mesmos. Quando nos sentimos em equilíbrio, o Muladhara nos oferece energia, estabilidade e força.

O que causa o bloqueio do Chakra Raiz

Muitos fatores podem bloquear o chakra raiz. O estresse, os medos e a ansiedade, a baixa auto-estima, a negatividade e os relacionamentos tóxicos são alguns dos principais fatores que podem contribuir para o bloqueio do chakra raiz.

O estresse crônico, por exemplo, pode levar à desarmonia na energia do chakra raiz, criando assim uma barreira para que a energia vital flua normalmente.

Essa barreira impede que você se sinta seguro, realizado e confiante.

Da mesma forma, medos e ansiedade podem afetar a abertura do chakra, já que o medo nos impede de nos ligarmos à nossa energia profunda e ao nosso Eu verdadeiro.

É natural sentirmos medo, faz parte da nossa natureza humana. Logo, o medo em excesso nos deixa paralisados e a ausencia completa do medo, pode nos colocar em situração de risco.

Da mesma forma, baixa auto-estima, negatividade e relacionamentos tóxicos também podem bloquear o chakra raiz, pois nos impossibilitam de estabelecer uma conexão profunda e harmoniosa com nós mesmos e com o mundo ao nosso redor.

Formas de desbloquear o Chakra Raiz

É possível desbloquear o Chakra Raiz de várias maneiras. A primeira e mais importante é entender o que causa o bloqueio e a partir daí trabalhar para desbloqueá-lo.

Práticas como meditação, yoga como Tadasana e postura da montanha podem ajudar a limpar e abrir nosso Muladhara.

postura da tadasana alinhar chakra plexo solar
Tadasana

Mudar a dieta para incluir alimentos ricos em vitaminas e minerais, medicamentos ayurvédicos e terapias holísticas também podem contribuir para desbloquear o Chakra Raiz.

Estas mudanças, em conjunto com uma abordagem ativa para lidar com nossos medos, ansiedades, negatividade e relacionamentos tóxicos, nos ajudarão a manter nosso Muladhara aberto.

  • Quando bloqueado: causa problemas nas pernas, ciática, hemorroidas, artrite, obesidade.
  • Localização: base da coluna vertebral
  • Estímulo principal: sobrevivência
  • Glândulas: supra-renais
  • Bija mantra: LAM
  • Elemento: terra
  • Sentido: Olfato
  • Cor: vermelho

2. Swadhisthana – chakra sacral

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga svadhishana chacra sacral

O chakra sacro, também conhecido como o chakra da água, é o segundo chakra no corpo humano. Está localizado entre o umbigo e o osso púbico.

É governado pela glândula suprarrenal e por toda a região pélvica, incluindo os órgãos genitais. Ele é responsável pela nossa capacidade de nos relacionarmos com o mundo ao nosso redor.

O chakra sacral é associado à cor laranja e ao elemento água.

É o centro da energia vital no nosso corpo e da nossa força de vontade, nossa capacidade de nos expressarmos e nos relacionarmos com outras pessoas.

É responsável por nossa criatividade, nossa relação com o prazer e nosso senso de direção.

O chakra da água também é conhecido como o chakra sexual, pois é responsável pela nossa energia sexual.

É associado à nossa capacidade de nos relacionarmos com nosso parceiro amoroso. O nome sânscrito para o chakra sacro é Swadhisthana, que significa “refúgio do seu próprio ser”.

Sintomas do desequilíbrio do chakra sacral

Quando o chakra sacro não está em equilíbrio, isso pode manifestar-se de duas formas, sintomas físicos e/ou sintomas emocionais. Sintomas físicos podem incluir:

Problemas nos órgãos pélvicos, bexiga, intestinos, dor na coluna lombar, ciática, problemas de circulação, baixa libido e problemas de fertilidade.

Sintomas emocionais também podem se manifestar, como depressão, medo excessivo, ansiedade, dependência emocional, baixa autoestima, falta de propósito e sentimentos de incapacidade de manifestar seus desejos.

Por estas razões, é importante tratar os desequilíbrios no chakra sacral para equilibrar o corpo e a mente.

Como alinhar o chakra sacral

Restabelecer o equilíbrio do chakra sacral é vital para uma vida saudável e equilibrada.

Existem muitas maneiras diferentes de equilibrar e alinhar o Swadhisthana, incluindo práticas de respiração, meditação, uso de cristais e prática de yoga.

O uso de cristais, como coral e âmbar, pode ajudar a abrir, acalmar e fortalecer o chakra sacro.

Algumas posturas de yoga, como postura do triângulo (trikonasana) e postura do corvo (Kakasana). ajudam no equilíbrio do chakra da água.

postura trikonasana alinhar chakra sacral
Postura trikonasana
  • Atribuições: procriação, genitais, prazer, desejo
  • Glândulas: testículos e ovários
  • Localização: altura do sacro
  • Bija mantra: vam
  • Sentido: Paladar
  • Elemento: água
  • Cor: laranja

3. Manipura – chakra do plexo solar

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga Manipura o chacra do plexo solar

O manipura é o terceiro chakra do corpo humano, conhecido como chakra do fogo, chakra do plexo solar ou chakra umbilical.

O chakra umbilical é o centro de energia poderoso que fornece energia, vitalidade e um sentido de propósito para a nossa vida.

É o centro de energia que nos conecta ao mundo material e nos permite absorver o conhecimento e desenvolver a sabedoria.

Manipura significa “pedra preciosa” ou “luz da alma”, está localizado na região do umbigo. É associado ao elemento fogo, que nos conecta com o sol, que é a fonte primária de luz e calor.

Quando o chakra plexo solar está em equilíbrio, temos uma energia forte e saudável e força de vontade, bem como um senso de propósito e motivação para realizar os nossos objetivos.

Está relacionado as glândulas supra-renais e pâncreas, assim como ao sistema digestivo, que nos ajuda a absorver os nutrientes e a transformar a energia dos alimentos em combustível para o nosso corpo.

Quando nosso chakra umbilical está desequilibrado, pode causar sentimentos de ansiedade, mau humor, fraca imunidade e uma baixa auto-estima.

Como equilibrar o chakra umbilical

O terceiro chakra, quando equilibrado, nos leva a aproveitar todos os nossos poderes. O equilíbrio deste chakra nos ajuda a restaurar a harmonia, a clareza e a força.

Quando desequilibrado, você tende a se sentir cansado, inseguro, sem vontade ou com medo de expressar sua verdadeira essência.

A prática de ioga, o uso de sons e mantras específicos, ou também a visualização são técnicas que focam na consciência e na ativação deste chakra para equilibrar e alinhar a energia do plexo solar.

Asanas, como a postura do barco (navasana), curva para a Frente (paschimottanasana), a postura da Cobra (bhujangasana) e a postura do arco (dhanurasana) contribuem para o equilíbrio do chakra plexo solar.

postura da yoga alinhar chakra plexo solar
Asanas para equilibrar o chakra umbilical
  • Disfunções físicas: distúrbios digestivos, diabetes, úlceras.
  • Atribuições: vontade, poder, segurança.
  • Glândulas: pâncreas, supra-renais.
  • Localização: região umbilical.
  • Bija mantra: ram
  • Sentido: visão
  • Elemento: fogo
  • Cor: amarelo
OFERTA
A Bíblia dos Chakras: o Guia Definitivo de Trabalho com os Chakras
Este guia definitivo para chakras proporciona tudo o que você precisa saber sobre o tema. Ele apresenta a você as auras, a energia sutil e o equilíbrio dos chakras, explicando suas origens na tradição indiana.

4. Anahata – chakra cardíaco

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga Anahata o chacra cardíaco

O chakra cardíaco ou Anahata fica localizado no meio do esterno ou do peito, liga o corpo físico com o espiritual.

O elemento deste chakra é o ar, o que o representa é a leveza, liberdade e frescor, e seu sentido é o tato. Quando em harmonia, o Anahata nos ajuda a conectar-nos com o amor universal.

Desequilíbrio do Chakra Cardíaco

O desequilíbrio do chakra cardíaco pode ser identificado através de alguns sintomas físicos e emocionais.

Os principais sintomas de desequilíbrio deste chakra são dificuldades em expressar amor, sentimentos de tristeza e depressão, medo de ser rejeitado ou mesmo excluído.

Estes sintomas podem ser acentuados quando sofremos alguma traumas, como perda ou separação, o que leva a um sentimento de desconforto e desequilíbrio no chakra cardíaco.

Quando o Anahata está fechado, nos tornamos resistentes ao amor e às relações, pois nos sentimos vulneráveis e desconectados.

Equilíbrio do chakra Anahata

Existem várias práticas que podem ser usadas para equilibrar o chakra cardíaco:

  • Meditação
  • Gratidão
  • Yoga (postura da lua crescente – anjaneyasana)
  • Carinho
  • Autoestima
  • Confiança em si mesmo
anjaneyasana alinhar chakra cardíaco
Postura da lua crescente

Quando o chakra cardíaco está em harmonia, é possível sentir os benefícios de um coração aberto: amor próprio, empatia, compaixão, autenticidade e a capacidade de amar sem esperar nada em troca.

A ligação entre o corpo físico e espiritual também é reforçada, o que nos ajuda a nos conectarmos com nossa alma e nos tornarmos um canal do amor universal.

  • Atribuições: amor e carinho
  • Localização: no peito
  • Bija mantra: yam
  • Glândula: timo
  • Sentido: Tato
  • Elemento: ar
  • Cor: verde

5. Vishuddha – chakra laríngeo

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga Vishuddha o chacra laríngeo

O chakra Laríngeo (Vishuddha) ou chakra da garganta possui a cor azul claro, está associado ao elemento éter e ligado à glândula tireóide.

Esta energia está relacionada ao poder da fala, ao entusiasmo e à ligação entre o nosso mundo interior e o exterior. Ele também está ligado a nossa audição, garganta e pescoço.

Sintomas do Vishuddha desalinhado

Quando o chakra laríngeo está desalinhado, as energias não fluem adequadamente, criando emoções negativas e sentimentos como culpa, medo paralisante, timidez fora de controle e dificuldade de expressar sua opinião.

Além disso, ausência de criatividade e medo de um mundo amedrontador também podem aparecer.

Estas emoções negativas direcionam a energia para locais como o pescoço, garganta e ouvidos, impactando a saúde destas áreas.

Sem uma correta alinhamento do Vishuddha, pode haver perturbações na fala e emoção.

Por outro lado, quando o Vishuddha está equilibrado, nós nos sentimos mais seguros e felizes em nosso mundo interior, porque temos um maior poder de expressão, a auto-confiança para enfrentar os desafios da vida e uma maior capacidade de nos conectar com o mundo exterior.

Mantras é uma ótima opção para alinhar o chakra da garganta.

  • Quando desalinhado: dor frequente na garganta, distúrbios da tireóide, complicações auditivas e dor no pescoço.
  • Atribuições: criatividade e comunicação.
  • Localização: na garganta
  • Glândulas: tireóide
  • Bija mantra: ham
  • Sentido: audição
  • Cor: azul claro
  • Elemento: éter
OFERTA
Mantras Simples e Poderosos Para o seu dia a dia
Mantras e afirmações são sílabas ou frases que, quando repetidas continuamente, podem energizá-lo, auxiliando na concretização de todos os seus desejos.

6. Ajna – chakra frontal

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga Ajña o chacra frontal

O Chakra Frontal, também conhecido como o chakra do terceiro olho, está localizado no centro da cabeça, atrás da testa, e o elemento associado a ele é a luz. “Ajna” traduzido so sâncrito significa “principal”.

Está relacionado à glândula pituitária, tendo um importante papel na nossa consciência espiritual, intuição e capacidade de tomar decisões.

Quando desalinhado, podemos sentir dificuldades em confiar na nossa intuição, a imaginação não é usada, confusão mental e tendemos a tomar decisões erradas.

Além de possíveis problemas de visao, dor de cabeça e medo de julgamento.

Para ativar o chakra do terceiro olho, você pode praticar a postura do golfinho (ardha pincha mayurasana).

Como saber se o chakra frontal está desalinhado?

O chakra do terceiro olho é responsável por muitas funções em nosso corpo, como intuição, visão e criatividade.

Quando este chakra se encontra desalinhado, é importante identificar os sintomas e procurar ajuda para equilibrá-lo. Aqui estão alguns sinais de que o chakra frontal não está equilibrado:

1. Falta de foco: Quando o chakra frontal está desalinhado, pode ser difícil focar, concentrar-se e tomar decisões.

Você pode estar sentindo-se desconectado e confuso, incapaz de concentrar-se ou tomar decisões.

2. Fadiga mental e Física: Você pode experimentar uma sensação de fraqueza e exaustão constante, mesmo quando não está fazendo muito esforço.

3. Perturbações no sono: Você pode ter insônia, sonhos inquietantes ou pesadelos, Isso pode ser o resultado de tensão emocional acumulada com o chakra frontal desequilibrado.

4. Problemas de visão: Se o chakra frontal está desalinhado, você pode experimentar problemas de visão, tais como visão turva ou dificuldade de foco.

5. Problemas espirituais: Um chakra frontal desequilibrado pode levar a sentimentos de desconforto ou inadequação em relação a sua dimensão espiritual.

Você pode sentir uma falta de conexão ou comunhão com a sua fonte espiritual.

6. Dificuldade de aceitar mudanças: Se você está tendo dificuldades para aceitar mudanças ou lidar com o desconhecido, pode ser um sinal de que o chakra frontal está desalinhado.

ardha pincha mayurasana alinhar chakra frontal
Postura do golfinho

É extremamente importante ficar de olho nos sinais de que o chakra frontal está desequilibrado.

Se você perceber qualquer um desses sintomas, você deve buscar ajuda para equilibrar o chakra frontal e restaurar o seu equilíbrio emocional.

  • Se desalinhado: problemas de visão, dores de cabeça, perturbações no sono.
  • Atribuições: visão, intuição, imaginação, criatividade.
  • Localização: centro da cabeça
  • Glândulas: pituitária
  • Bija mantra: om
  • Sentido: visão
  • Elemento: luz
  • Cor: índigo

7. Sahasrara – chakra coronário

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga Sahaswara o chacra coronário

O chakra coronário, também conhecido como Sahasrara, é o chakra localizado na parte superior do centro da cabeça.

É a porta de entrada para a energia espiritual, conectando todas as outras energias que fluem do corpo, sua forma não é uma roda ou ponto de passatem de energia como os demais chakras do corpo humano, mas uma abertura..

O seu princípio básico é a nossa ligação com o universo/espiritual. A cor do chakra da coroa varia de uma tonalidade púrpura e violeta, desde o mais claro ao mais escuro.

O seu símbolo é o lótus de mil pétalas e o seu elemento é o pensamento, representando a manifestação de tudo ao nosso redor. A função do Sahasrara é o autoconhecimento.

Como alinhar o chakra coronário

O alinhamento do chakra sahasrara é essencial para conectarmos com o nosso eu espiritual.

A prática de yoga é uma boa forma de atingir esse objetivo e, nesse sentido, a postura de Sirsasana é a mais indicada para realizar o alinhamento do chakra da coroa.

Sirsasana alinhar chakra da coroa
Sirsasana

Sintomas de desalinhamento

Quando o chakra coronário não está alinhado, a energia não flui da forma correta. I

sso pode levar a sintomas como sensação de solidão, dificuldades na conexão espiritual, perda de conhecimento, irritabilidade, ausência de fé, apego e falta de inspiação.

  • Se desalinhado: dificuldades de aprendizagem, confusão, solidaão, incapaz de acreditar na vida.
  • Localização: topo da cabeça
  • Glândulas: pineal (epífise)
  • Atribuição: compreensão
  • Elemento: pensamento
  • Bija mantra: ah
  • Cor: violeta

8. Chakra estrela da alma

os 7 chakras do corpo humano blog yoga ou ioga chacra estrela da alma

E por último, mas não menos importante, temos o nosso oitavo Chakra, que está diretamente relacionado com a alma e, portanto, com o divino.

Está cerca de 45 cm acima da nossa cabeça e é representado pela cor branca. Ele contém as memórias da alma durante suas várias encarnações.

Quando em equilíbrio, o oitavo Chakra ativa habilidades espirituais, tais como: o dom da clarividência, o dom da cura, mediunidade, etc.

Este Chakra simboliza o conhecimento final e oferece proteção contra influências prejudiciais e energias ruins.

Quando está desequilibrado, ficamos mais vulneráveis ​​a ataques psíquicos e energéticos.

Perguntas frequentes

Os chakras são importantes centros da energia do corpo humano, pois são responsáveis pelo fluxo de energia que passa pelo corpo. Cada chakra possui uma função específica, bem como uma cor, frequência vibratória, símbolo, elemento e som, como vimos ao londo deste artigo.

O que significa chakras?

Chakras significa “roda” e se refere aos centros de energia que se espalham ao longo do corpo humano. São importantes fontes de energia que nos influenciam em nosso dia a dia, mais do que imaginamos.

Qual a origem dos chakras?

A origem dos chakras é tão antiga quanto a própria tradição indiana e remonta aos escritos mais antigos desse país, os Vedas. Estes antigos ensinamentos tratam sobre os chakras e seu significado espiritual.

Como os chakras funcionam?

Os 7 chakras são responsáveis pelo fluxo de energia que passa pelo corpo. Eles estão ligados a um sistema de canais de energia (nadis) que percorrem o corpo e é importante manter abertos e equilibrados esses canais para promover o bem-estar.

Com restaurar o equilíbrio dos chakras?

Podemos utilizar técnicas específicas como meditação, yoga, visualização, uso de cristais e óleos essenciais para restaurar o equilíbrio dos 7 chakras presentes em nosso corpo. Estas técnicas ajudam a liberar o bloqueio de energia e restaurar o fluxo de energia vital para o corpo, mente e espírito.

Conheça 15 Maneiras de alinhar seus chakras em casa. →Saiba mais

Conclusão

Como vimos, os chakras são centros de energia e é importante que ela flua livremente por todo o corpo.

Praticar yoga é uma ótima maneira de alinhar os chakras e trazer equilíbrio para sua vida.

Neste artigo, vimos quais são os sinais de bloqueio dos seus chakras, quais práticas você pode fazer para equilibrá-los e como isso pode melhorar sua qualidade de vida.

Comece agora mesmo a recuperar o equilíbrio natural do seu corpo!

OFERTA
A Bíblia dos Chakras: o Guia Definitivo de Trabalho com os Chakras
Este guia definitivo para chakras proporciona tudo o que você precisa saber sobre o tema. Ele apresenta a você as auras, a energia sutil e o equilíbrio dos chakras, explicando suas origens na tradição indiana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima